Vaslui derrota Sporting e interrompe a série de dez vitórias consecutivas dos leões

0
45
Vaslui derrota Sporting e interrompe a série de dez vitórias consecutivas dos leões

O Sporting perdeu por 1-0 frente ao Vaslui, num jogo onde a formação leonina com muitas alterações não conseguiu manter as vitórias. O golo do conjunto romeno foi apontado por Zmeu aos 30 minutos. Fábian Rinaudo saiu lesionado na primeira parte.

Esta foi uma partida relativa à 4ª jornada do Grupo D da Liga Europa.
 O Sporting, que antes já tinha garantido a passagem à próxi-ma fase, subiu ao relvado do Estádio Ceahlaul com seis mudanças no "onze" inicial, incluindo três no sector defensivo, que teve em Carriço o único repetente, e acabou por pagar caro tamanha revolu-ção.
 A exibição "leonina" acabou por ser pobre (o guarda-redes do Vaslui não fez uma única defesa durante todo o jogo) e um golo de Zmeu, aos 30 mi-nutos, foi suficiente para os romenos alcançarem o triunfo.

 Além do desaire, o Sporting perdeu Rinaudo por lesão entrou André Santos, logo nos minutos iniciais, e poderá não contar com o médio argentino nos próximos jogos, incluindo o "derby" frente ao Benfica, marcado para o final do mês.
Contudo, mesmo com a derrota, o Sporting mantém a liderança do Grupo D, com nove pontos, mais quatro do que Vaslui e Lázio, segundo e terceiro classificados, respectivamente.
 O Sporting iniciou o encontro com uma atitude muito passiva e só Capel e Carrillo é que tentavam "mexer" com o jogo, mas desta vez na frente tinham Bojinov no lugar Wolfs-winkel. O búlgaro, que acabou por ser substituído ao intervalo, esteve muito lento e por vezes até parecia que estava a jogar com algum problema físico.

 Sem fazer nada para isso, o Vaslui chegou ao golo, por Zmeu, através de um canto, num lance que fez surgir más memórias, e bem recentes, da defensiva "leonina". O médio moldavo, com alguma sorte à mistura (a bola ainda tabelou no corpo de Pereirinha), aproveitou a lentidão dos jogadores do Sporting e atirou para as redes, que pertenceram a Marcelo Boeck.
 Até ao intervalo, Matias e Bojinov ainda tentaram, sem sucesso, chegar à igualdade, mas sempre através de joga-das em que o Sporting mostrava pouca mobilidade e pou-ca inspiração.
 Na segunda parte, o técnico Domingos Paciência lançou Wolfswinkel para o lugar de Bojinov, mas logo nos instantes inicias o Vaslui esteve perto de voltar a marcar, com Marcelo a salvar a honra "leonina".
 Nesse lance, em que o avançado Yero Bello apareceu completamente solto, ficou mais uma vez demonstrada a lentidão e a profunda dessincronização dos centrais Carriço e Rodriguez.

 A partir daí, o Sporting até pegou no jogo, enquanto o Vaslui recuou no terreno, mas a equipa portuguesa raramente mostrou qualidade para chegar ao empate.

 Matias Fernandez ainda assistiu na área Wolfswinkel, mas o holandês em esforço atirou ao lado. Pouco depois, o médio chileno deu lugar ao seu compatriota Diego Rubio, que, só nos últimos segundos do jogo, mostrou que estava em campo.
 O avançado de 18 anos pareceu ser derrubado dentro da área, por Papp, mas o árbitro da partida decidiu mostrar um cartão amarelo ao chileno, por suposta simulação.