Vasco da Gama da Cidade do Cabo “arranca” precioso empate e está a um passo de ascender à PSL

0
159
Vasco da Gama

Vasco da GamaVasco da Gama é um clube de futebol,fundado por portugueses em 1980, na Província do Cabo, mais precisamente de Parow e milita no futebol da Primeira Divisão da África do Sul.

 Nos seus 30 anos de existência o Vasco da Gama, mantém raízes profundas entre a comunidade portuguesa da região. O seu nome está ligado ao Vasco da Gama do Brasil.
 O clube iniciou-se no futebol nos escalões mais baixos.
 Em 1988 e 1990 venceram os Campeonatos de Clubes Amadores da África do Sul, tendo, em 2003, ascendido à Primeira Divisão Nacional, depois de se sagrarem campeões da Segunda Divisão da Liga Vodacom.

 Na sua primeira época na Primeira Divisão alcançaram um honroso quinto lugar.
 O Vasco  da Gama, contou nas suas fileiras com joga-dores de nomeada do futebol sul-africano, que alinharam na selecção, tais como Andre Arendse, Shaun Bartlett, Carlos Das Neves, Mario Das Neves, Paulo Das Neves, Thabo Mngomeni, David Nyath.

 Fazem parte da actual Direcção do clube, Mário das Neves, Philip Ribeiro e Avelino de Oliveira. Carlos das Neves é o treinador principal das equipas de futebol.
 Na temporada de 2005/2006 o Vasco da Gama participou nos “playoffs” da PSL, tendo vencido nas meias-finais (1-0) o Bush Bucks.
 Na final, foram derrotados pelo Benoni Premier United, que contava com jogadores dos “Bafana Bafana” Bernard Parker e Tsepo Masilela.
 Chegaram a descer de divisão mas, em 2008 voltaram a vencer a Liga Vodacom, pois no jogo da final derrotaram o Carara Kiks, por 3-0.

 Na presente temporada o treinador Carlos das Neves manteve a mesma formação, mas fortaleceu o meio-campo com a entrada de Moudouthe-Bille e Jonothan Armogam.
 O Vasco da Gama teve um início de época muito modesto à mistura com alguns resultados surpreendentes, como a vitória frente ao Carara Kicks.
 Alcançaram o sexto lugar enquanto o Durban Stars foi despromovido.

 No passado sábado defrontaram a equipa do Black Leopards e arrancaram um precioso empate em casa do adversário, em Thohoyandou que abre boas perspectivas para o encontro da segunda mão que se disputa a 7 de Março. Em caso de vitória, poderá ascender à Liga PSL.
 A equipa portuguesa inaugurou o marcador aos 23 minutos por intermédio de Zeka Karkee, de cabeça.

 Quando tudo fazia prever que a equipa do Vasco da Gama seria a vencedora do encontro, no último minuto Lungu Grant estabeleceu o empate, que castiga severamente a turma portuguesa.

REACÇÕES NO FINAL DO ENCONTRO:

 Carlos das Neves, treinador da equipa do Vasco da Gama:
 “Foi um resultado justo. Estou orgulhoso pelo desempenho dos meus jogadores, pois vieram aquí bater-se com valentia e estiveram a ganhar até ao último minuto. Foi pena ter acontecido o golo do empate. A sorte bafejou os Black Leopards.
 Defendemos demasiado na segunda parte e tentamos apanhar o adversário no contra-ataque.
 Analisando friamente a questão tenho de aceitar o empate.”

 Vladislav Heric treinador do Black Leopards  afirmou:
“Tivémos muita sorte com o golo de Lidoda Duvha no último minuto, que nos deu o empate e faz renascer as esperanças para o encontro da segunda-mão da próxima semana na Cidade do Cabo.”