Universidade de Coimbra distingue Murilo de Carvalho com Honoris causa

0
45
Universidade de Coimbra distingue Murilo de Carvalho com Honoris causa

O historiador brasileiro José Murilo de Carvalho vai ser distinguido com um doutoramento Honoris causa pela Universidade de Coimbra, cuja cerimónia ocorre a 28 de Janeiro, disse o reitor da instituição.

  José Murilo de Carvalho "é provavelmente o maior historiador brasileiro vivo", sendo membro da Academia Brasileira de Letras e da Academia Brasileira de Ciências, o que dá a indicação do "reconhecimento do seu trabalho pelos pares", disse à agência Lusa o reitor da Universidade de Coimbra (UC) João Gabriel Silva.

  O estudo levado a cabo por José Murilo de Carvalho relativamente à independência do Brasil e a atribuição que faz à Universidade de Coimbra de "posição decisiva no processo de construção" do país são outras razões que levam à atribuição desta distinção, apontou.

  O historiador brasileiro mostra, com o seu trabalho, que o "factor número um para a atual situação de unidade do Brasil" se deve, em parte, por a elite brasileira ter sido "muito uniforme e formada por antigos alunos de Coimbra", constatou o reitor.

  Segundo João Gabriel Silva, o historiador "fez um levantamento da composição dos primeiros governos brasileiros" constituídos após a independência do Brasil (em 1822) face a Portugal, em que registou que "quase 80% dos ministros eram ex-alunos da Universidade de Coimbra", tendo a passagem pela instituição dado "um sentido de pertença único".

  O Brasil não se dividiu em diferentes países, ao contrário do que aconteceu com a zona colonizada por Espanha, em que as elites foram formadas em universidades criadas na América do Sul, notou o reitor.

  Por "a Universidade de Coimbra ter uma relação tão intensa com o Brasil" e por José Murilo de Carvalho ser "uma pessoa extremamente reconhecida no Brasil e em Portugal e ter estudado em detalhe o papel de Coimbra na formação do Brasil", estão "reunidos todos os ingredientes para um doutoramento [Honoris causa] mais do que merecido", sustentou João Gabriel Silva.

A cerimónia da atribuição do doutoramento Honoris causa em Letras ao historiador brasileiro vai decorrer na Sala dos Capelos, sendo este o evento que vai marcar a abertura da comemoração dos 725 anos da UC.

  No dia seguinte, José Murilo de Carvalho vai realizar uma conferência sobre "a Universidade de Coimbra e a História do Brasil", avançou.