Universidade canadiana de York quer criar Mestrado em Estudos Portugueses

0
61
mestrado

mestradoA Universidade de York, em Toronto, Canadá, oferece desde há dois anos uma licenciatura em “Estudos Portugueses” e pretende avançar com um curso de mestrado na mesma área.

 A revelação foi feita à agência Lusa pela professora Maria João Dodman, responsável do Departamento de Estudos Portugueses naquela academia.
 A ideia de se avançar com estudos pós-graduação permitirá não apenas dar mais oportunidades de especialização como dar condições para a formação mais avançada de docentes.

 “Actualmente temos já licenciaturas em Português [no Canadá], mas não há mestrados nem doutoramentos”, notou a professora, doutorada em línguas hispânicas pela Universidade de Toronto.
 Desde 2008 que o Departamento de Línguas, Literaturas e Linguística da Universi-dade de York proporciona um curso de licenciatura em Estudos Portugueses – um “Bachelor of Arts (BA) in Portuguese Studies” – e um grau de “minor” em estudos linguísticos, num projecto criado por Dodman.
 O BA corresponde presentemente ao grau de licenciatura em Portugal, tendo os alunos de completar 90 créditos em três anos de estudos.
 A par da York, também a prestigiada Universidade de Toronto tem um “major”, um “minor” e um curso especializado em Português”, através do Departamento de Espanhol e Português.

 A criação de um “mestrado” em estudos portugueses na Universidade de York é, para já, um projecto em cima da mesa, que está ainda dependente da consolidação do trabalho do departamento assim como de condições pedagógicas e orçamentais da academia.
 A concretização deste grau de pós-graduação em Portu-guês implica igualmente mais docentes no departamento de estudos portugueses, que conta para já com as professoras Maria João Dodman e Rita Rolim, esta última do Instituto Camões.

 Segundo a professora, o ensino do Português tem verificado forte crescimento a nível universitário, sobretudo por causa da procura do português-brasileiro, por razões profissionais de negócios ou de estágios. “Portugal como país e, por consequência, o português europeu, não é muito conhecido no Canadá, apesar de “observar igualmente um grande interesse no curso de língua e cultura portuguesas, frequentado por uma maioria de luso-descendentes”.

 No corrente ano, os cursos de português da York contam com cerca de 180 estudantes, distribuídos por estudos para BA, “minor” e certificado universitário em Estudos Portugueses.
O departamento tem procurado responder à procura dos alunos, razão pela qual apresenta programas de literatura e cultura brasileiras e lusófonas e é a única universidade no Canadá a oferecer um programa de “Cultura e literatura dos Açores”.
 “No ano passado tivémos as nossas primeiras duas alunas a completarem um BA em Es-tudos Portugueses”, indicou ainda Maria João Dodman.
 No Quebeque, também os estudos portugueses na Uni-versidade de Montreal têm as-sistido nos últimos ano a mais procura.

Nesta última, a língua e cultura portuguesas fazem parte de dois graus de bacharelato de línguas e estudos ibero-americanos e mediterrânicos, além de proporcionar já um programa de “mineur”, mas não tem licenciatura específica em estudos portugueses.