UEFA aplicou cinco jogos de castigo a José Mourinho

0
53
José Mourinho

José MourinhoA UEFA aplicou a José Mourinho uma sanção de cinco jogos, um dos quais de pena suspensa, pelas declarações após o Real Madrid-Barcelona da primeira mão da meia-final da Liga dos Campeões.

  Como já cumpriu um jogo, na segunda mão no Camp Nou, o treinador português terá assim mais três pela frente, o que significa que falhará metade das partidas da fase de grupos da Liga dos Campeões da próxima época.

  A UEFA anunciou o castigo a José Mourinho, lembrando que “foi expulso no jogo e fez um comentário inapropriado” após o mesmo, mas sem explicar qual a acusação concreta ao técnico, nem quais as declarações em causa.
  Além da suspensão, José Mourinho vai ter de pagar 50 mil euros de multa. O jogo de pena suspensa é válido por três anos. Se reincidir, Mourinho terá de cumprilo.

* Real Madrid e Mourinho não aceitam o castigo

  José Mourinho não recebeu nada bem o castigo de cinco jogos que lhe foi aplicado pela UEFA. O técnico português, a nível particular, e o Real Madrid vão recorrer da medida, segundo explicou o adjunto Aitor Karanka na sexta-feira.
  “O mister não aceita o castigo, principalmente por ninguém explicar os motivos. O clube vai recorrer e ele também se defenderá até ao fim”, referiu Karanka, que uma vez mais substituiu Mourinho na conversa com os jornalistas espanhóis.

  O gesto dos cinco dedos após a derrota em Barcelona também foi comentado por Karanka.   “Toda a gente sabe o que aquilo significa. Num momento de indignação e impotência quis tornar evidente aquilo que todos viram.”

  “É tão evidente. Enfim, Mourinho não voltará a falar até que a UEFA nos explique os motivos do castigo. Sabemos o que fizémos bem e mal, sabemos o que nos deixaram e não deixaram fazer”, prosseguiu o auxiliar de José Mourinho.

  No último dia, a imprensa espanhola deu eco a uma suposta insatisfação de Benzema. O avançado francês não foi utilizado nas duas meias-finais da Liga dos Campeões. “Há razões tácticas e técnicas para isso. O Karim foi importante esta temporada, mas quando não joga as pessoas sugerem que há algum problema. Estamos encantados com o rendimento dele. É importante e continuará a sê-lo no futuro.”