Torneio de golfe “Cancer Sucks” foi um sucesso

0
70
Torneio de golfe

Torneio de golfe O torneio de golfe “Cancer Sucks”, disputado no Reading Golf Club de Alberton compe-tição organizada por três portugueses, Teresa Correia, Eddy Franco e Jean Claude Correia.

 Teresa Correia a chefe da equipa começou por nos dizer:
 “Fiquei surpreendida com a adesão a este torneio, quer no tocante a jogadores como também a patrocinadores.
 Foi a primeira vez que  nos metemos a organizar uma prova deste quilate. Tivémos 102 golfistas e patrocinadores em 15 buracos.
 Foi muito bom, pois os lucros que fizermos será para ajudar aqueles que sofrem de cancro.”
 E falando da sua organização “Cancer Sucks” ?

 “Bem esta organização nasceu do nosso altruísmo. Eu própria sofri da doença mas felizmente ainda fui a tempo de me curar.
 Somos um grupo que procura ajudar os pacientes a ultapassar o sofrimento. Levamos os doentes a festas e jantares, damos apoio moral.
 No dia 27 de Abril vamos levar um grupo de crianças a jantar e vamos organizar uma festa para os miúdos se divertirem. Tudo o que fazemos é com a ajuda de patrocinadores.
 Neste caso particular, do torneio que organizámos tivémos o apoio da firma Alternative Beverages da família Gonçalves, da Zoom Cold Drinks e dos jogadores, Estou muito grata a todos que nos ajudaram.”
 Tivémos também a oportunidade de dialogar com Carlos Ramos que participou no torneio.

 “Foi um prazer entrar nesta competição que vai servir uma causa justa.
 Nós jogadores de golfe estamos sempre dispostos a colaborar neste tipo de jogos, destinados a ajudar o próximo.”
 Como explica essa atitude altruísta dos praticantes de golfe?
 “Não sei explicar mas somos muito solicitados para a recolha de fundos. Quer seja para comprar cadeiras de rodas, pagar operações ou mesmo ajudar pessoas necessitadas. Faz parte da nossa maneira de ser.”

 O torneio foi muito bem disputado e contou com 102 jogadores, a maioria portugueses mas também muitos sul-africanos responderam à chamada.
 Venceu a equipa constituída por J.J. Cortzer,  A.N. Lom-bard,  A.Nel e W. Jacobs.
 Depois da competição procedeu-se à entrega dos prémios, durante um jantar servido num dos salões do clube de golfe que contou com a colaboração de Nick van Tonder que foi o mestre de cerimónias.

 Durante a noite procedeu-se ao leilão de quadros alusivos a momentos altos do desporto sul-africano,  com assinaturas certificadas que foram arrematados por milhares de randes, que vão servir a causa justa da organização “Cancer Sucks”.