Surpreendente Famalicão segura liderança na I Liga

0
39

  O Famalicão continua a surpreender na I Liga de futebol e segurou na sexta-feira a liderança com um triunfo sobre o Paços de Ferreira, mantendo a vantagem de um ponto sobre o Benfica, que no sábado venceu o Gil Vicente, e o FC Porto, que ontem derrotou o Portimonense, em jogo da quinta jornada da prova.

  Na Luz, os ‘encarnados’, privados de Florentino, lesionado, bateram os gilistas, por 2-0 e somaram a segunda vitória seguida no campeonato, depois da goleada aplicada ao Sporting de Braga (4-0), antes da paragem para os compromissos das selecções nacionais.

  Com um meio-campo inédito, com Fejsa e Taarabt, os campeões nacionais falharam uma grande penalidade logo aos 10 minutos, por Pizzi, mas acabaram por chegar à vantagem em cima do intervalo, graças a um autogolo de Ygor Ferreira, aos 45.

  No segundo tempo, Pizzi, que é o melhor marcador da competição, com seis golos, redimiu-se do castigo máximo falhado, e consumou, aos 53 minutos, a vitória das ‘águias, que na terça-feira se estreiam no grupo G da Liga dos Campeões, perante os alemães do Leipzig, também no Estádio da Luz.

  Benfica e FC Porto estão no segundo lugar, com 12 pontos, mantendo menos um do que o surpreendente Famalicão, que vai continuar ‘instalado’ no primeiro posto por mais uma semana, depois de ter superado o lanterna-vermelha Paços de Ferreira, por 4-2.

  No encontro que marcou a estreia de Pepa à frente dos pacenses, o Famalicão construiu uma vantagem confortável, com dois golos de Fábio Martins, aos seis minutos, de grande penalidade, e 67 minutos, um de Guga, aos 60, e outro de Pedro Gonçalves, aos 72.

O lanterna-vermelha, que leva um empate e quatro derrotas no campeonato, ainda encontrou forças para reduzir na parte final, com um ‘bis’ de Tanque, aos 87 e 90+3 minutos.

 Ontem, domingo, um golo de Marcano aos 90+8 minutos ‘salvou’ o vice-campeão nacional, que esbanjou uma vantagem de dois golos, materializada por Alex Telles (25 minutos, de grande penalidade, antes de ser expulso, aos 90+2) e Zé Luís (45), mas permitiu que os algarvios igualassem no espaço de três minutos, com tentos de Dener (74) e Koki Anzai (77).

  No Bessa, Boavista e Sporting empataram 1-1, no jogo que marcou a estreia de Leonel Pontes como treinador da equipa lisboeta, de encerramento da quinta jornada na I Liga portuguesa de futebol.

  Os ‘axadrezados’ inauguraram o marcador aos sete minutos, por intermédio do defesa Marlon, mas o Sporting restabeleceu a igualdade aos 62 – em ambos os casos na marcação de livres directos -, pelo médio Bruno Fernandes, que foi expulso aos 90+1, por acumulação de cartões amarelos.

  O Boavista ainda não perdeu no campeonato e subiu ao quarto lugar, com nove pontos, mais um do que os ‘leões’, que completaram o segundo jogo consecutivo sem ganhar na prova e ocupam a quinta posição, com oito pontos, a quatro dos rivais Benfica e FC Porto e a cinco do líder Famalicão.