Sporting regressa às vitórias e à goleada europeia em Alvalade

0
117
Sporting

SportingO Sporting goleou o Levski de Sófia por 5-0, em jogo do grupo C da Liga Europa de futebol, no qual Vukcevic, de novo o melhor homem em campo, e uma alteração tática de Paulo Sérgio se revelaram determinantes.

 O jogador montenegrino já tinha sido o melhor em campo frente ao Nacional para a Liga portuguesa e voltou a ser a unidade mais desequilibrante do Sporting, que regressou aos triunfos após a derrota com o Benfica e o empate com o Nacional.
 Paulo Sérgio, que deixou Liedson no banco, decidiu mexer no sistema de jogo em relação ao último jogo e em boa hora o fez, porque essa alteração permitiu à equipa estar muito mais compacta, ter mais posse de bola e comandar o jogo de princípio a fim.
 Esta alteração produziu efeitos, visto que o Sporting conseguiu ter sempre posse de bola, a iniciativa e o co-mando do jogo, com dois jogadores em grande destaque nessa melhoria do meio campo: Maniche, pela sua qualidade de passe, e Matias Fernandez, como elo de ligação com os dois homens da frente.

 Os búlgaros ainda assustaram na fase inicial do jogo, mas quando o Sporting marcou à passagem da meia hora por Daniel Carriço na sequência de um pontapé de canto, os jogadores ‘leoninos’, que tão carentes de confiança têm andado, soltaram-se e desataram a jogar à bola.
 À beira do intervalo, Maniche fez o segundo golo, por incrível que pareça, de cabeça, na área búlgara, a cruzamento de Vukcevic, e a equipa búlgara, que ainda teve uma reacção ao primeiro golo, “entregou-se” literalmente.
 Os dois laterais, João Pereira, sobretudo, e Evaldo justificaram, finalmente, a contratação ao Sporting de Braga, tal o caudal de jogo que carrilaram pelas alas, estimulados pela incapacidade dos búlgaros em fazer mossa à defesa ‘leonina’.
 Por outro lado, Postiga jogou a um nível que não é comum, curiosamente começou a falhar dois lances do golo e a ser o ‘Postiga-do-costume’, mas fez um grande golo (61), atirou uma bola ao poste e assistiu Diogo Salomão, realizando um excelente jogo.
 Na segunda parte só houve Sporting, o Levski pareceu conformado, sem chama nem força anímica, e o resultado foi-se avolumando até uns inesperados 5-0. Até deu para o miúdo Diogo Salomão fazer o gosto ao pé, aos 53 minutos, após um amortecimento de cabeça de Postiga, que fez o 4-0, antes de Matias completar a goleada (79).
FICHA DE JOGO:
 Encontro no Estádio de Alvalade, em Lisboa.
 Resultado:
 Sporting – Levski Sofia, 5-0
 Ao intervalo, 2-0
 Equipas:
Sporting: Rui Patrício, João Pereira, Daniel Carriço, An-derson Polga, Evaldo, Zapa-ter, Maniche (André Santos, 70), Matias Fernandez, Diogo Salomão, Vukcevic (Abel, 76) e Helder Postiga (Saleiro, 64).
 Levski Sófia: Petkov, Mulder, Ivanov, Miliev, Minev, Greene, Yovov (Ognyanov, 67), Tasevski, Mladenov (Slory, 55), Joãozinho (Kirov, 79) e Dembélé.
 Árbitro: Sascha Kever (Suíça).
 Ação disciplinar: cartão amarelo para Dembélé (73), Mulder (75) e Carriço (84).
 Assistência: 15 081 espectadores.