Sporting regressa aos triunfos na estreia de Rúben Amorim

0
42

O Sporting regressou aos triunfos na I Liga de futebol, após vencer o Desportivo das Aves, por 2-0, e manteve-se na perseguição ao Sporting de Braga, na estreia de Rúben Amorim, na 24.ª jornada.

Após o desaire com o Famalicão (3-1) na última ronda, na despedida de Silas, os ‘leões’ estrearam o novo treinador no Estádio José Alvalade, alcançando um triunfo fácil perante o lanterna vermelha da prova, que cedo passou a actuar com menos duas unidades.

Rúben Macedo, aos 11 minutos, e Luiz Fernando, aos 20, deixaram o Aves em ‘maus lençóis’, mas só na segunda parte é que o Sporting conseguiu construir o resultado, com golos de Soprar, aos 62 minutos, e de Vietto, aos 68, na marcação de uma grande penalidade.

A estreia de Amorim no emblema verde lisboeta só não foi totalmente perfeita devido a Ristovski, que mostrou descontentamento quando foi substituído logo aos 25 minutos, tendo seguido directamente para o balneário sem cumprimentar o novo ‘comandante’ dos ‘leões’.

Com este triunfo, o Sporting segue no quarto posto a quatro pontos do Sporting de Braga, terceiro classificado e antigo clube de Amorim, que nesta ronda bateu em casa o Portimonense, por 3-1, já com Custódio como técnico.

A passar pela melhor fase da temporada está o Vitória de Guimarães, que somou a terceira vitória consecutiva, e a quarta nos últimos cinco jogos, na Mata Real (2-1).

Com a possibilidade de fugir ainda mais da zona de despromoção, já que Portimonense e Aves foram derrotados, o Paços de Ferreira chegou à vantagem logo aos 10 minutos, por Hélder Ferreira, antigo jogador do Vitória, mas a formação de Ivo Vieira deu a volta ao marcador na segunda parte.

O médio João Carlos Teixeira foi lançado no arranque da segunda parte e assinou um ‘bis’, aos 47 e 66 minutos, no encontro que encerrou a ronda.

Na luta pelas competições europeias, o Vitória de Guimarães apanhou o Famalicão no sexto posto, com 37 pontos, e colocou-se apenas a um do Rio Ave, quinto posicionado.

No Estádio Nacional, em Oeiras, o Famalicão não passou do nulo perante o Belenenses SAD, que somou o quarto jogo consecutivo sem perder e subiu ao 13.º lugar, 10 acima da zona de descida.

Em Barcelos, num duelo entre equipas do meio da tabela, Gil Vicente e Santa Clara empataram a uma bola, com o búlgaro Kraev a marcar para a equipa da casa, aos 49 minutos, e Thiago Santana para os açorianos, aos 74.

Em Moreira de Cónegos, o Moreirense subiu ao oitavo lugar da prova de futebol, ao vencer em casa por 2-0 o Marítimo, que ainda não conseguiu fugir totalmente ao ‘fantasma’ da despromoção.

O angolano Fábio Abreu, aos 26 minutos, adiantou o Moreirense, marcando pela sexta jornada consecutiva, e o português Filipe Soares, aos 53, fez o segundo golo dos minhotos.

O Marítimo sofreu a terceira derrota consecutiva e segue no 15.º posto, oito pontos acima da zona proibida.

Na 24.ª jornada da I Liga, o FC Porto manteve a liderança da prova com um ponto de vantagem sobre o Benfica, num ronda em que ambos empataram (1-1).

Os ‘dragões’ não foram além da igualdade na receção ao Rio Ave, enquanto os ‘encarnados’ alcançaram igual resultado no Bonfim, com o Vitória de Setúbal.

No próximo fim de semana, o FC Porto desloca-se ao campo do Famalicão, enquanto o Benfica recebe o Tondela.