Sporting foge na frente, Benfica empata e é igualado pelo Paços Ferreira

0
506

  O Sporting reforçou a liderança da Liga portuguesa de futebol com incontestado triunfo 2-0 na visita ao Marítimo, enquanto o Benfica voltou a escorregar e foi apanhado pelo Paços de Ferreira no quarto lugar.

  A 17.ª jornada, que dita o fim da primeira volta, confirmou o bom momento dos ‘leões’, que aproveitaram o ‘tropeção’ do FC Porto na quinta-feira no Jamor frente ao Belenenses SAD (0-0), bem como a queda livre das ‘águias’, que averbaram o quarto jogo consecutivo sem vencer no campeonato, com três empates e uma derrota.

  O Sporting comanda com 45 pontos, mais seis do que o FC Porto (39), nove do que o Sporting de Braga (36) e 11 do que o Benfica e o surpreendente Paços de Ferreira (34), que,  averbou o sexto triunfo consecutivo na prova, com 2-1 frente ao Tondela.

  O ex-bracarense Paulinho estreou-se a titular no Sporting, dias depois de ser apresentado, mas a estrela voltou a ser Pedro Gonçalves, que ‘bisou’ e lidera os melhores marcadores da Liga, com 14 remates certeiros.

  Aos 13 minutos, invadiu o meio-campo contrário e apanhou a defesa contrária desprevenida, colocou a bola entre as pernas do guarda-redes, com deficiente tempo de saída, e inaugurou o marcador.

  Sentenciou a partida na Madeira aos 57 minutos, rematando de primeira, na área, após cruzamento na esquerda.

  Depois da derrota em Alvalade, por 1-0, já no tempo de compensação, o Benfica procurava redimir-se em casa, frente ao Vitória de Guimarães: foi mais forte, rematou imenso, mas raramente bem, sendo punido com a perda de mais dois pontos, enquanto Jorge Jesus continua longe do banco, a recuperar da covid-19.

  A equipa sensação mora em Paços de Ferreira, pois os pupilos de Pepa têm sido implacáveis e colaram-se ao Benfica – feito inédito no seu historial nesta fase da prova -, com a sua fome de êxito a revelar-se logo ao segundo minuto, com golo de Douglas Tanque, após passe atrasado de Singh.

  Aos 66, um penálti por mão de Pedro Rebocho ainda permitiu a João Pedro igualar 1-1, em bom período dos forasteiros, porém, aos 85, em lance muito semelhante ao primeiro tento, João Pedro fez o 2-1 e garantiu os três pontos.

  O Tondela partilha o nono lugar com o Nacional, com 18 pontos, que conseguiu o seu terceiro jogo seguido sem perder, com 0-0 na visita ao Rio Ave, que não ganha há quatro partidas.

  Em desafio no Bessa entre aflitos, o Gil Vicente venceu o Boavista por 2-1, com golo controverso validado pelo árbitro e VAR, que permitiu trocar com o adversário um lugar na zona de despromoção.