Sporting, embora qualificado, sofre derrota frente ao último do Grupo

0
142
Sporting

SportingO Sporting despediu-se da fase de Grupos da Liga Europa de futebol com uma derrota, por 1-0, no gelado terreno do Levski Sofia, com nova exibição “cinzenta” da equipa do técnico Paulo Sérgio.

 Com os termómetros a marcarem três graus negativos na capital búlgara, os “leões”, que já tinha garantido o apuramento e primeiro lugar do Grupo C, “congelaram” na última jornada e sofreram nova derrota, depois de no último fim de semana terem sido prematuramente eliminados da Taça de Portugal.

 O golo de Mladenov aos 45 minutos, num lance com muitas culpas para o central Nuno André Coelho, foi suficiente para os búlgaros baterem a equipa portuguesa, que só nos últimos instantes do encontro conseguiu criar algum perigo junto da baliza do Levski Sofia.
 Com várias alterações no “onze” inicial, o Sporting demorou algum tempo a adaptar-se à neve que caiu no relvado do Estádio Georgi Asparuhov e na primeira parte só protagonizou uma lance de algum perigo, aos 22 minutos, com Nuno André Coelho e Evaldo a falharem a bola em boa posição, após a marcação de um canto.

 Apesar de ter mais posse de bola, a equipa de Alvalade mostrou muitas dificuldades na construção de jogadas ofensivas e chegaria ao intervalo em desvantagem, devido às facilidades concedidas pelo seu setor defensivo.
 O maliano Dembélé fugiu com muita facilidade a André Coelho e, já dentro da área, assistiu Mladenov para um golo fácil do extremo búlgaro.
Em desvantagem, o técnico Paulo Sérgio lançou na segunda parte Diogo Salomão para o lugar do espanhol Zapater, mas só aos 59 minutos o Sporting voltaria a criar perigo, desta vez por Maniche, que viu o seu remate a ser rejeitado por Dembélé em ci-ma da linha de golo.
 Já com o Saleiro em campo, e a jogar com apenas três defesas, a equipa lisboeta teve a sua melhor oportunidade do encontro, aos 79 minutos, com o avançado “leonino”, isolado, a rematar desastradamente para fora.

 Depois de ter ficado várias vezes perto de sofrer novo golo, devido aos contra ata-ques rápidos dos búlgaros, o Sporting teve a sua última oportunidade para igualar, aos 85 minutos, com Yannick Djaló a atirar para defesa difícil do guarda-redes do Levski.
 O comporatamento dos jogadores do Sporting, neste encontro em Sofia, mereceram duras críticas do treinador leonino Paulo Sérgio e também de Costinha membro do directório do futebol, pois tanto um como outro esperavam uma maior entrega dos seus jogadores, apesar do frio intenso que se fez sentir, a rondar os três graus negativos.

 Essas palavras tiveram repercussões que dias mais tarde veio a obrigar a intervenção do Presidente leonino Eduardo Bettencourt, para acalmar os ânimos.

FICHA DO ENCONTRO

 Jogo no Estádio Georgi Asparuhov, em Sófia.
  Resultado
 Levski de Sófia – Sporting, 1-0.
 Ao intervalo: 1-0.
 Marcador:
 1-0, Mladenov, 45 minutos.
Equipas:
 Levski Sofia: Mitrev, Mulder, Greene, Ivanov, Shtarkov, Gadzhev (Baltanov, 90+3), Tasevski (Ognyanov, 77), Joãozinho, Mladenov (Kirov, 89), Miliev e Dembélé.
Sporting: Tiago, Abel, Nuno André Coelho (Cedric, 76), Torsiglieri, Evaldo, Zapater (Diogo Salomão, 46), André Santos, Maniche, Yannick, Valdes (Saleiro, 70) e Hélder Postiga.
Árbitro: Thorsten Kinhofer (Alemanha).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Shtarkov (40) e Saleiro (79).
 Assistência: Cerca de mil espectadores.