Sporting de Braga empata com Norwich e Rafa desponta

0
142
Sporting de Braga empata com Norwich e Rafa desponta

O Sporting de Braga, da I Liga de futebol, empatou com os ingleses do Norwich 2-2, no jogo de apresentação aos seus sócios e adeptos, no qual se destacou Rafa, com um golo e muita criatividade.

 O médio ofensivo, de 20 anos, que o Braga contratou ao Feirense, da II Liga, ga-nhando a "corrida" ao Sporting, veio revolucionar o jogo amorfo do Braga da primeira parte, conferindo-lhe velocidade e imprevisibilidade.

 O jogador marcou o golo do empate, num lance em que mostrou rapidez e frieza e se-meou o pânico na defesa adversária em diversos lances.

 A segunda parte dos minhotos foi, aliás, bastante diferente da primeira, com os jovens lançados por Jesualdo Ferreira a deixarem um claro aviso aos mais experientes de que podem lutar por um lugar no "onze" inicial.

 A primeira parte pertenceu quase por completo ao Norwich, que milita na "Premier League" inglesa, com mais posse de bola, mais iniciativa atacante, mais situações de perigo criadas e mais golos.

 Logo aos quatro minutos teve uma ocasião que seria premonitória do que se passaria ao longo dos primeiros 45 minutos: falha de marcação da defesa bracarense, Gary Hooper rematou com força já bem dentro da área para defesa apertada de Eduardo.

 Sete minutos depois, um livre apanhou Milijkovic "nas covas", Martin Olsson surgiu na cara do internacional português, mas falhou o "chapéu".

 O golo adivinhava-se e surgiu pouco depois com Gary Hooper a romper pelo meio da muito passiva defesa bracarense, a ladear Eduardo e a rematar sem hipóteses de defesa (14).

 Do lado da equipa da casa, via-se uma equipa pouco agressiva na marcação e "órfã" de Hugo Viana a pautar o jogo e de Mossoró a "furar" as linhas adversárias.

 Ainda assim, Edinho desperdiçou uma boa oportunidade para empatar, após centro de Custódio, cabeceando ao lado (16), mas o domínio era dos ingleses, que entravam na de-fesa bracarense como "faca quente em manteiga".

 Antes do segundo do Norwich, Rúben Micael ainda atirou à barra (26), mas, dois mi-nutos depois, Gary Hooper aproveitou uma defesa incompleta de Eduardo, depois de um remate de Hoolaman, e fez a recarga vitoriosa.

 Certamente descontente com a exibição da equipa, o técnico minhoto fez oito substituições logo no início da segunda parte, enquanto o treinador inglês fez duas, com destaque para a entrada do ex-sportinguista Ricky van Wolfswinkel.

 As alterações mexeram com a equipa e, aos 54 minutos, Paulo Vinícius saltou mais do que os defesas adversários, após livre de Hélder Barbosa, e reduziu.

 Quinze minutos depois chegou o empate, por Rafa, que correspondeu da melhor for-ma a um excelente passe de Luiz Carlos e, à saída do guardião, "picou" a bola para o fundo das redes.

 Depois da entrada de "guerreiros" dos minhotos, o jogo voltou a equilibrar-se, nota dominante até ao final.