Sporting de Braga alcança primeira vitória na “Liga Milionária”

0
88
Sporting de Braga

Sporting de BragaO Sporting de Braga estreou-se a vencer na Liga dos Campeões de futebol ao derrotar em casa o Partizan de Belgrado, por 2-0, marcando os primeiros três pontos no Grupo H e a esperança em continuar em prova.

 Um livre exemplarmente marcado por Lima (35 minutos), no primeiro remate dos “arsenalistas” à baliza, e um contra-ataque finalizado por Matheus (90), colocaram a equipa em terceiro lugar no grupo, com três pontos, enquanto o opositor sérvio continua a zero.
 O Arsenal, que goleou o Shakhtar Donetsk (5-1) tem o pleno de nove pontos e os ucranianos seguem-se, com seis pontos.
 Mais do que alimentar sólidas esperanças de chegar aos oitavos de final, a equipa de Domingos Paciência reforçou a candidatura ao terceiro lugar que vale um lugar na Liga Europa, onde competem FC Porto e Sporting.

 Depois de perderem por 6-0 no terreno do Arsenal e 3-0 em casa com o Shakhtar, os lusos retocaram a imagem, reforçaram a ambição, ganharam prestígio e 800 000 euros, que garantem já um encaixe acumulado de 10 milhões de euros.
 Durante demasiado tempo, as equipas revelaram mais medo de sofrer um golo do que ambição em marcar, pelo que o jogo, foi demasiado táctico, foi penoso para os adeptos, que apenas viveram um momento de emoção até ao intervalo.
 Ao Sporting de Braga faltava rapidez nas transições ofensivas e imaginação para romper a bem organizada e povoada defesa do Partizan, que parecia mais objectivo a atacar, mas nem por isso criava perigo.

 A aparente crise de confiança “arsenalista” foi resolvida à “bomba”, num livre directo de Lima (35 m) a 30 metros sem hipóteses de defesa (1-0), de nada valendo o voo do guarda-redes Stojkovic.
 O intervalo pouco mudou o figurino do jogo: os sérvios precisavam recuperar, mas nem por isso foram suficientemente atrevidos, pertencendo aos locais os primeiros avisos, mas pouco sérios.
 O Partizan só aí começou a crescer – os lusos revelavam crescente nervosismo – e Ilic (75), só com Felipe pela frente, deixou passar a bola entre os pés – a seguir foi Cléo (84) a obrigar Felipe a defesa vistosa para canto. Foram duas perdidas dos jogadores sérvios que lhes custaram os três pontos perdidos.

 Entre os dois lances, Matheus (78) surgiu na cara de Stojkovic, mas adiantou um pouco e depois não conseguiu o “chapéu” ao guarda-redes emprestado pelo Sporting, redimindo-se, aos 90, ao concluir facilmente um ataque perfeito iniciado em Alan e conduzido por Luis Aguiar (2-0) com boa finalização de Matheus.

 Com esta vitória arrancada a ferros, o Sporting de Braga pode encarar com mais optimismo a quarta jornada, na qual defronta o Partizan em Belgrado.
FICHA DO JOGO
 Encontro no Estádio Municipal de Braga.
 Resultado
 Sporting de Braga – Partizan: 2 – 0.
 Ao intervalo: 1-0.
 Marcadores:
 1-0, Lima, 35 minutos.
 2-0, Matheus, 90.
 Equipas:
 Sporting de Braga: Felipe, Sílvio, Moisés, Paulão, Elder-son, Vandinho, Andrés Madrid (Luís Aguiar, 72), Alan, Paulo César (Leandro Salino, 69), Lima (Mossoró, 87) e Matheus.
 Partizan: Vladimir Stojkovic, Aleksandar Milijkovic, Stefan Savic, Mladen Krstajic, Alek-sandar Lazevski, Milan Smilja-nic, Almami Moreira (Medo, 46), Nemanja Tomic (Stefan Babovic, 88), Sasa Ilic, Cléo e Marko Scepovic (Pierre Boya, 54).
Árbitro: Laurent Duhamel (França).
 Ação disciplinar: cartão amarelo para Almami Moreira (31), Andrés Madrid (54) e Luís Aguiar (86).
Assistência: cerca de 15 mil espectadores.