Sport-A FC Porto empata e fica a quatro pontos do Benfica, Sporting mais perto do pódio O FC Porto empatou ontem 1-1 no reduto do Belenenses SAD, na 13.ª jornada da I Liga de futebol, e ficou a quatro pontos do líder Benfica, em contraponto com o Sporting, que se aproximou do terceiro lugar. Depois de o Benfica abrir a jornada na sexta-feira, com uma goleada em casa do Boavista (4-1), os ‘dragões’ precisavam de vencer para manter as distâncias, mas um tento de André Santos, aos 14 minutos, deixou o FC Porto em desvantagem. A equipa de Sérgio Conceição ‘carregou’ no ataque e empatou aos 32 minutos, depois de uma falta sobre o mexicano Corona, na área da equipa de Belém, com o brasileiro Alex Telles a marcar, de grande pena-lidade. O FC Porto somou o segundo empate das últimas três deslocações para o campeonato, continuando em segundo lugar, agora com 32 pontos, mas mais longe dos ‘encarnados’, que lideram, com 36, enquanto o Belenenses SAD chegou aos 15 pontos, seguindo em 12.º. Antes, o Sporting aproveitou a derrota do Famalicão no sábado, na receção ao Tondela (3-2), para se colocar a um ponto do terceiro lugar, graças a um golo do brasileiro Luiz Phellype, aos 70 minutos, num cabeceamento a cruzamento do francês Mathieu. Os ‘leões’ tentaram marcar o jogo todo e já tinham feito mais de 20 remates antes de surgir o único tento do encontro, que Phellype apontou cinco minutos depois de substituir o espanhol Jesé. Em Alvalade, os ‘verdes e brancos’ regressaram aos triunfos no campeonato, após a derrota por 3-1 sofrida na jornada anterior, às ‘mãos’ do Gil Vicente, e somam agora 23 pontos, no quarto lugar, a um dos famalicenses e a nove do FC Porto. O Moreirense é 13.º colocado, com 14 pontos, vendo chegar ao fim uma série de cinco jogos sem perder para o campeonato, ainda que quatro dessas partidas tenham acabado empatadas. Nos primeiros jogos do dia, os dois Vitórias venceram, com a equipa de Guimarães a triunfar na recepção ao Portimonense (2-0) e a de Setúbal a impor-se na deslocação a Paços de Ferreira (3-2). Os vimaranenses marcaram cedo, com um esforço individual do brasileiro Léo Bonatini, aos dois minutos, antes de outra jogada de ‘mestre’, do inglês Marcus Edwards, aos 61, sentenciar a partida. Com este resultado, os minhotos, que puseram fim a uma série de três jogos sem ganhar, são quintos classificados, com 20 pontos, a três dos ‘leões’, depois de aproveitarem a derrota do rival Sporting de Braga, no sábado, em casa do lanterna-vermelha Desportivo das Aves (1-0). Os algarvios somaram a sexta derrota do campeonato e estão em 16.º lugar, um acima da zona de despromoção, com 11 pontos, três acima do Paços de Ferreira, 17.º. A 13.ª ronda encerra hoje,segunda-feira, com a recepção do Rio Ave, 11.º classificado, ao Gil Vicente, nono. Sport-B Cristiano Ronaldo eleito Melhor Jogador em Itália O português Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor jogador do campeonato italiano de 2018/19 pela Associação dos Futebolistas Italianos (AIC), na ‘Gran Gala Del Calcio’, em Milão. No dia em que foi derrotado pelo argentino Lionel Messi na eleição da Bola de Ouro do France Football, ficando em terceiro, ainda atrás do central holandês Virgil Van Dijk, Ronaldo venceu o prémio de melhor jogador e avançado da ‘Serie A’ 2018/19. “É uma honra segurar este troféu, e agradeço aos meus companheiros de equipa na Juventus. Estou muito feliz por jogar em Itália, num campeonato muito difícil. Obrigado por terem votado em mim. Vou tentar voltar no próximo ano”, disse Ronaldo. O ‘capitão’ da selecção lusa marcou 21 golos, em 31 jogos, no seu primeiro ano no campeonato transalpino, sendo o quarto melhor marcador da prova, atrás de Fabio Quagliarella (Sampdoria), com 26, do colombiano Duván Zapatata (Atalanta), com 23, e do polaco Krzysztof Piatek (Génova e AC Milan), com 22. O lateral direito João Cancelo, que no defeso trocou a Juventus pelo Manchester City, também está com Ronaldo no ‘onze ideal’ do campeonato transalpino de 2018/19. Na cerimónia, destaque ainda para a eleição de Gian Piero Gasperini como melhor treinador, depois de levar a Atalanta ao terceiro lugar e a inédita presença na Liga dos Campeões. Sport-C João Félix terceiro no Troféu Kopa do France Football João Félix, de 20 anos, foi terceiro classificado no Troféu Kopa da revis-ta francesa France Football, galardão para o melhor futebolista do Mundo em 2019 com menos de 21 anos. Cinco dias depois de ser eleito ‘Golden Boy’ pelo jornal italiano Tuttosport, o avançado que no último defeso trocou o Benfica pelo Atlético de Madrid por 126 milhões de euros foi batido pelo holandês Matthijs De Ligt (Ajax/Juventus), o vencedor, e o inglês Jason Sancho (Borussia Dortmund), segundo. Félix estava também nos 30 nomeados para a Bola de Ouro, prémio para o melhor jogador do ano, tendo acabado no 28.º lugar, numa lista em que Bernardo Silva foi nono e Cristiano Ronaldo está também no ‘top 10’, pela 13.ª vez. Também tinham entrado na lista de 10 pretendentes ao Troféu Copa o nigeriano Samuel Chukwuze, o francês Mattéo Guendouzi, o alemão Kai Havertz, o sul-coreano Lee Kangin, o italiano Moise Kean, o guarda-redes ucraniano Andrei Lounine e o brasileiro Vinicius Jr. Em 2019, João Félix ajudou o Benfica a conquistar o campeonato luso e Portugal a arrebatar a primeira edição da Liga das Nações, protagonizando, depois, uma das maiores transferências da história do futebol. O Prémio do France Football para jogadores com menos de 21 anos homenageia Raymond Kopa – falecido em 2017 com 85 anos -, que foi um dos melhores jogadores franceses da história, venceu a Bola de Ouro em 1958 e jogou no Angers, Reims e Real Madrid. O francês Kylian Mbappé, jogador do Paris Saint-Germain, foi o vencedor da primeira edição do prémio, em 2018. Sport-D Benfica precisa de vencer no mínimo por 2-0 na recepção ao Zenit para entrar na Liga Europa O Benfica joga na terça-feira a continuidade na Europa do futebol, precisando de vencer, no mínimo, por 2-0 na recepção ao Zenit, na sexta e última jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, para não depender de terceiros. Já afastado da próxima fase da Liga dos Campeões, o Benfica ainda mantém esperança de seguir para os 16 avos de final da Liga Europa, mas para isso tem de vencer a equipa de São Petersburgo por 2-0, ou por três golos de diferença, se também sofrer. Uma vitória por números inferiores deixa o clube lisboeta dependente de uma derrota do Lyon na receção ao já apurado Leipzig, líder do grupo, com 10 pontos, mais três do que os russos e os franceses e mais seis do que os ‘encarnados’. Neste caso, o Lyon cairia para a quarta posição, com o Benfica em terceiro e o Zenit a assegurar a continuidade na Liga dos Campeões. Na jornada anterior, o campeão português esteve perto de conseguir um triunfo inédito na Alemanha, em jogos da Liga dos Campeões, mas acabou por permitir o empate 2-2, após chegar aos 90 minutos a vencer por 2-0, resultado que o deixava ainda com possibilidades de seguir na ‘Champions’. As ‘águias’ chegam a este encontro após consolidarem a liderança da I Liga, com um triunfo por 4-1 no estádio do Boavista, enquanto o Zenit somou a quarta vitória consecutiva na liga russa (3-0 na Dínamo Mos-covo), que lidera isolado, antes da pausa de inverno. Na primeira volta, a equipa de São Petersburgo venceu o Benfica por 3-1, com golos de Dzyuba (22 minutos), Rúben Dias (70, na própria baliza) e Azmoun (78), com Raúl de Tomás a reduzir (85), naquele que foi o seu primeiro golo pelos ‘encarnados’. Esta será a 10.ª recepção do Benfica a equipas da Rússia, somando cinco triunfos, dois empates e duas derrotas, sendo que venceu em duas das três receções ao Zenit, perdendo apenas na fase de grupos da ‘Champions’ em 2014/15. Nos anteriores novos jogos com conjuntos russos, as ‘águias’ conseguiram por três vezes um resultado que lhe permitiria seguir em para a Liga Europa, vencendo por 2-0 o Dínamo Moscovo (Taça UEFA de 1992/93), o Zenit (Liga dos Campeões 2011/12) e o Spartak (Liga dos Campeões 2012/13). Liga Europa: O Sporting de Braga, já qualificado, lidera o Grupo K com 11 pontos vai defrontar, na quinta-feira o Slovan Bratislava. A vitória ga-rante o primeiro lugar do Grupo. Sporting: Lidera o Grupo D com 12 pontos vai de viagem para medir forças com o Lask, que ocupa a segunda posição. O jogo está marcado para quinta-feira, às 22:00. Por sua vez o FC Porto , que ocupa a segunda posição do Grupo G joga uma cartada deciva, ao receber no Estádio do Dragão o Feyenoord. Só uma vitória poderá garantir a continuação na prova. O Vitória de Guimarães, já eliminado da Liga Europa, joga em casa do Eintracht na despedida da competição. O encontro terá início às 19:55. Sport-E Lionel Messi conquista 6.ª Bola de Ouro O argentino Lionel Messi conquistou na segunda-feira pela sexta vez a Bola de Ouro, prémio do France Football para o melhor jogador do ano, isolando-se na liderança do ‘ranking’, com mais um troféu do que o português Cristiano Ronaldo. Depois dos triunfos em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015, o jogador do FC Barcelona voltou a vencer, repetindo a eleição da FIFA – que de 2010 a 2015 entregou o prémio em parceria com a revista gaulesa – como o melhor da época 2018/19. Em 2019, o ‘10’ argentino contabiliza 46 golos marcados e 17 assistências, em 54 jogos, sendo que, coletivamente, conquistou a Liga espanhola 2018/19 e foi terceiro na Copa América. Quanto aos outros troféus masculinos, o guarda-redes brasileiro Alisson, do Liverpool, arrebatou o prémio para melhor guarda-redes (Troféu Yashin) e o central holandês Matthijs De Ligt, que trocou o Ajax pela Juventus, o de melhor jogador de menos de 21 anos (Troféu Kopa). Por seu lado, a norte-americana Megan Rapinoe conquistou a Bola de Ouro feminina, repetindo a eleição da FIFA, e sucedeu à norueguesa Ada Hegerberg. O futebolista português Cristiano Ronaldo, cinco vezes vencedor do prémio, ficou pela 12.ª vez, e nona consecutiva, no pódio da Bola de Ouro da revista francesa France Football, ao ser terceiro na edição de 2019. O jogador da Juventus só foi batido pelo argentino Lionel Messi, do FC Barcelona, que se isolou-se na liderança do ‘ranking’, com mais um troféu do que o ‘capitão’ luso, e o holandês Virgil van Dijk, do Liverpool. Ronaldo termina no pódio consecutivamente desde 2011, sendo que, desde 2007, só falhou os três primeiros em 2010, ano em que os três primeiros lugares foram para jogadores do FC Barcelona (Messi, Andrés Iniesta e Xavi Hernández). Sport-F Portugal defronta Turquia, Croácia e Eslováquia na corrida ao Europeu de Sub-19 A seleção portuguesa de futebol de sub-19 vai defrontar Turquia, Croácia e Eslováquia no Grupo 6 da Ronda de Elite de apuramento para o Campeonato da Europa de 2020, ditou o sorteio realizado em Nyon, na Suíça. A equipa das ‘quinas’, campeã em 2018 e finalista em 2019, avançou diretamente para esta fase, tal como a campeã Espanha, sem passar pela primeira ronda de qualificação. Os vencedores dos sete grupos vão juntar-se à anfitriã Irlanda do Norte na fase final do Europeu, a disputar entre 19 de julho e 01 de agosto. Esta competição vai servir de qualificação para o Campeonato do Mundo de sub-21 de 2021, a disputar na Indonésia. Em 2021, Portugal vai voltar a estar diretamente na Ronda de Elite, sem disputar a primeira fase de qualificação. Para o Europeu de 2022, que vai adotar um novo modelo competitivo, semelhante à Liga das Nações, a selecção portuguesa vai disputar a Liga A, integrando o grupo 3, juntamente com República Checa, Grécia e Polónia. O arranque da competição está marcado para 17 de novembro de 2020, com a primeira ronda, estando a fase final calendarizada para julho de 2022, na Eslováquia.

0
69

 A seleção portuguesa de futebol de sub-19 vai defrontar Turquia, Croácia e Eslováquia no Grupo 6 da Ronda de Elite de apuramento para o Campeonato da Europa de 2020, ditou o sorteio realizado em Nyon, na Suíça.

A equipa das ‘quinas’, campeã em 2018 e finalista em 2019, avançou diretamente para esta fase, tal como a campeã Espanha, sem passar pela primeira ronda de qualificação.

 

Os vencedores dos sete grupos vão juntar-se à anfitriã Irlanda do Norte na fase final do Europeu, a disputar entre 19 de julho e 01 de agosto. Esta competição vai servir de qualificação para o Campeonato do Mundo de sub-21 de 2021, a disputar na Indonésia.

Em 2021, Portugal vai voltar a estar diretamente na Ronda de Elite, sem disputar a primeira fase de qualificação.

Para o Europeu de 2022, que vai adotar um novo modelo competitivo, semelhante à Liga das Nações, a selecção portuguesa vai disputar a Liga A, integrando o grupo 3, juntamente com República Checa, Grécia e Polónia.

O arranque da competição está marcado para 17 de novembro de 2020, com a primeira ronda, estando a fase final calendarizada para julho de 2022, na Eslováquia.