Sp. Braga vence Sheffield Wednesday em encontro particular

0
106
Sp. Braga vence Sheffield Wednesday em encontro particular

O Sporting de Braga venceu o Sheffield Wednesday, em Albufeira, num jogo em que Jesualdo Ferreira colocou dois onzes diferentes em cada parte. De início, o professor apostou em seis caras novas, com três delas (no ataque) em bom nível.

 Jesualdo Ferreira costuma colocar as suas equipas a jogar em 4x3x3, e tal voltou a verificar-se neste primeiro jogo do Braga. Sem Hugo Viana, o professor deu novas fun-ções a Alan, como interior direito, que com Ruben Micael (com semelhantes funções na esquerda) pautaram o jogo ofensivo da sua equipa, num triângulo fechado defensivamente por Custódio.

 Com seis caras novas no onze titular, o Braga sentiu algumas dificuldades no início, principalmente em lances a partir de bolas paradas.

 Foi desse modo que sofreu o golo de Taylor (20) e que deu vantagem aos ingleses (que jogam no segundo escalão em Inglaterra), ficando evidentes falhas defensivas no jogo aéreo, que já tinham sido realçadas seis minutos antes, com os ferros da baliza e Eduardo, a salvarem.

 Os bracarenses tiveram o seu melhor período perto do intervalo, essencialmente através da velocidade (e qualidade) do trio de ataque, todo ele uma novidade. Salvador Agra marcou o canto para a cabeça de Custódio assistir Edinho, que também de cabeça, fez o empate (41).

 O extremo cedido pelo Bétis voltou a ser decisivo cinco minutos depois, dando a Pardo a possibilidade (não rejeitada) de adiantar os bracarenses no marcador, com um toque de habilidade que fez a bola passar por cima dos adversários e a entrar junto à barra.

 Jesualdo Ferreira lançou outro onze para a segunda-parte, mas os princípios de jogo mantiveram-se, bem como o domínio que os bra-carenses já detinham no final do período inicial.

 Essa concordância foi fidelizada com o terceiro golo, marcado por José Pedro (69), que à boca da baliza só teve que encostar um cruzamento à medida vinda do compa-nheiro Baiano.