Sócrates reuniu com Ban Ki-moon no âmbito da entrada de Portugal para o Conselho de Segurança

0
51
primeiro-ministro José Sócrates

primeiro-ministro José SócratesO primeiro-ministro José Sócrates reuniu-se na terça-feira com o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em Abu Dhabi, no âmbito da recente entrada de Portugal para o conselho de segurança da ONU.

 José Sócrates, de visita oficial aos Emirados Árabes Unidos, debateu com Ban Ki-moon o momento de tensão na Tunísia, a questão da Costa do Marfim e do Sudão.
 O encontro, em que também esteve presente o ministro dos negócios estrangeiros Luís Amado, serviu também, segundo fonte diplomática, “para coordenar posições de Portugal, enquanto membro do conselho de segurança, em relação à agenda do secretário-geral da ONU”.
 Para além dos temas principais da agenda internacional, José Sócrates e Ban Ki-moon trocaram algumas palavras sobre a situação na Guiné-Bissau e questões relativas à presença de Portugal em Timor-Leste.

 Ban Ki-moon, que esteve na segunda-feira na abertura da Cimeira Mundial de Energia juntamente com o primeiro-ministro português, apelou ao restabelecimento da ordem na Tunísia, onde a tensão persiste depois do Presidente Zine El Abidine Ben Ali ter sido deposto.
 “Continuo extremamente preocupado com a violência na Tunísia”, declarou o secretário-geral da ONU numa conferência de imprensa em Abu Dhabi.
 “Apelo ao governo (da Tunísia) e a todas as partes para assegurarem a ordem”, referiu.
 Em relação ao Sudão, a secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton aos partidos políticos no Sudão para aproveitarem “a ocasião” para “estabelecer uma paz duradoura” entre o Norte e o Sul.

 A chefe da diplomacia norte-americana fez este apelo após o referendo sobre a in-dependência do sul do Sudão que qualificou como um “sucesso significativo”.
 O primeiro-ministro português teve também ocasião de se reunir, também em Abu Dhabi, com o presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, a pedido do último, para debater a situação do Afeganistão e o papel da comunidade internacional na estabilização daquela zona geográfica. O encontro durou cerca de meia hora.