Sociedade Portuguesa de Beneficência da África do Sul agradece donativo de 20.000 euros do Governo

0
67
Sociedade Portuguesa de Beneficência da África do Sul agradece donativo de 20.000 euros do Governo português

No Sábado, 28 de Março de 2015, teve lugar no Lar da Rainha Santa Isabel da Sociedade Portuguesa de Beneficência (SPB) um almoço para agradecer aos representantes do Estado Português, na pessoa do embaixador de Portugal, António Ricoca Freire e da cônsul-geral de Portugal em Joanesburgo, Luísa Fragoso, pelo donativo de 20.000 euros para as obras de renovação e melhoramento da enfermaria do lar. O donativo enviado pelo Governo português rendeu, à taxa de conversão, 264.622 randes.

 Isabel Policarpo, presidente da Direcção da Sociedade Portuguesa de Beneficência, começou por dar as boas-vindas aos diplomatas e a todos presentes naquela tarde.

 Agradeceu em nome da SPB e em nome dos residentes do lar pelo donativo, após o que leu uma carta de agradecimento a José Manuel Sampaio por todo o apoio e serviço feito em prol do lar.

 Na carta, Policarpo agradece a Sampaio pelo diligente serviço na remoção de árvores em perigo de tombar e ramagens em perigo de causar danos, isto após um temporal que assolou Joanesburgo. No final do seu discurso, Policarpo agradeceu ao Século de Joanesburgo todo o apoio e divulgação prestados e desejou um bom apetite a todos os presentes no salão e que se divertissem na companhia uns dos outros.

 Foi servido o almoço e após o repasto, o comendador Gilberto Martins, presidente do Board of Trustees, dirigiu umas palavras a todos.

 Na sua intervenção, Martins referiu a gratidão que o Board of Trustees sente pelas ac-ções do embaixador de Portugal e da cônsul-geral em Joanesburgo. Afirmou que “com uma equipa destas no Board of Trustees, é fácil trabalhar”. Agradeceu a Isabel Policarpo, a Fátima Curado e a todos os responsáveis pela gestão do Lar Rainha Santa Isabel.

 O embaixador português, no seu discurso, afirmou “o meu primeiro cumprimento é para os residentes do lar. Quero enviar um abraço a todos, para a Isabel Policarpo e para o seu Conselho Directivo e para o Board of Trustees e para todos os amigos do lar. Incluo-me como amigo desta instituição desde 2003, quando aqui trouxe a minha mãe, que na altura tinha 73 anos. Tenho muito gosto em estar aqui e é sempre bom de vir cá.

 Infelizmente, não venho cá há algum tempo e a última vez que cá estive foi por alturas do Magusto do ano passado. Estava convencido que vinha dar um abraço ao novo presidente da Academia do Bacalhau – tertúlia que tanto, tanto, tanto tem feito pelo lar.

 Faço minhas as palavras da Isabel Policarpo de apreço pelo Manuel Sampaio. Sinto aqui uma energia e uma vitalidade que me encorajam e agora com o donativo que a cônsul-geral conseguiu, o donativo do Estado Português, melhor ficará o lar”!

O diplomata continuou, “o montante é irrelevante, o importante é que veio e veio para o lar pela importância que lhe é reconhecida para a Comunidade e na grande ci-dade de Joanesburgo. Quando se dá um donativo, é sempre bom ter um objectivo, ter um projecto, e com isso as pessoas vêem mais facilmente. Isso é encorajante para as pessoas o saber o porquê e o para quê que estão a doar”, terminou o embaixador.

 Seguidamente, embora numa quebra de protocolo, a cônsul-geral foi chamada a dirigir umas palavras, ao que assentiu. “Boa tarde a todos, digo-vos só que é um grande gosto de estar em torno da causa que é o Lar da Rainha Santa Isabel. E com este propósito que nos reunimos sempre e por isso foi enviado com muito interesse o despacho para Lisboa, o qual o nosso Secretário de Estado subscreveu, com o objectivo de ajudar às obras do lar. Agradeço a todos os mecenas e aos amigos desta instituição que hoje se encontram aqui”, finalizou a cônsul-geral.

 Posto o momento dos discursos, cantaram os Amigos da Hora, que interpretaram vários temas musicais. O convívio durou até perto das 16h30.

 

* Ainda aberto  concurso público para as obras da enfermaria

 

 De relembrar que as obras de melhoramento da enfermaria da Lar da Rainha Santa Isabel da SPB continuam em concurso aberto até ao dia 18 de Abril de 2015.

 Os interessados deverão para isso contactar o arquitecto Amândio Castanheira através do 011 454 4970 / 454 4971 ou alternativamente, Gilberto Martins Cell 082 902 9977; Isabel Policarpo, Cell 082 787 2987.