Sociedade Portuguesa de Beneficência angaria 240.000 randes no Jantar de Natal

0
66
Sociedade Portuguesa de Beneficência angaria 240.000 randes no Jantar de Natal

Na sexta-feira, dia 20 de Novembro, teve lugar na tenda do Magusto do Lar Rainha Santa Isabel, em Albertskroon, o jantar de Natal da Academia-Mãe do Bacalhau.

 Gilberto Martins pediu aos presentes para que tomassem os seus lugares nas mesas para se dar início ao jantar. O badalo, símbolo da tertúlia, foi feito soar na tenda e foi cantado um “Gavião de Penacho” para dar inicio à noite.

 O presidente da Academia de Joanesburgo, José Contente agradeceu a presença de todos os presentes e contou depois uma pequena história. Afirmou que até às 12h daquele dia não havia mesas nem cadeiras mas que, tal como o milagre das rosas atribuído à Rainha Santa Isabel, as mesas apareceram e o espaço na tenda destinado ao jantar ficou magnificamente decorado e pronto a tempo. Agradeceu em seguida às esposas de todos aqueles envolvidos na organização do evento e que graças a elas tudo correu pelo melhor.

 As entradas foram servidas, moelas guisadas acompanha-das de pão, ao que se seguiu a sopa, caldo-verde.

 Gilberto Martins, actual presidente do Board of Trustees da Sociedade de Beneficência, tomou novamente da palavra para se referir à obra e ao trabalho investido no Lar, pelo que pediu para todos os membros do executivo da Socie-dade Portuguesa de Beneficência (SPB), empregados do Lar e membros do Board of Trustees, uma forte e calorosa salva de palmas.

 Ainda na sua intervenção, Martins anunciou o donativo de duas cadeiras eléctricas para ajudar a transportar e a colocar residentes com dificuldades motoras dentro das camas ou das viaturas. Este donativo foi feito pela comendadora e comadre da Academia-Mãe, Paula Caetano.

 A presidente do Executivo da SPB, Isabel Policarpo ao agradecer afirmou que “há mais de seis meses, pensei que seria necessário algo que ajudasse a levantar e a tirar e colocar os residentes do Frail Care nas camas. Hoje, Paula Caetano telefonou-me e perguntou-me se eu necessitava de alguma coisa para o Lar. Eu disse-lhe que precisava de um elevador para as camas e a Paula Caetano ofereceu não um, mas dois. A enfermaria está cada vez mais bem equipada”, terminou Policarpo.

 Foi depois a vez da comendadora Paula Caetano intervir e no seu discurso afirmar que “a causa e a obra da Socie-dade Portuguesa de Benefi-cência da África do Sul têm tido, desde a primeira hora, o apoio do Grupo Século, que acompanhou aquando da sua fundação o acolhimento dado aos nossos compatriotas de Moçambique e de Angola que há 40 anos procuraram refúgio neste País.

 Ao longo destas quatro décadas, o Grupo Século sempre contribuiu para os principais projectos da Sociedade de Beneficência, com especial incidência no apoio generalizado às pessoas mais carenciadas, nas obras de beneficiação do Lar de Idosos e em equipamentos para o bem-estar dos seus residentes.

 Hoje, felicito a iniciativa dos benfeitores já aderentes ao Quadro de Honra dos 100.000 randes e, na minha qualidade de Presidente do Conselho de Administração do Grupo Século, animada pelo espírito de Natal que vivemos neste jantar de convívio da Academia do Bacalhau de Joanesburgo, quero anunciar que nos associamos a esta onda de solidariedade repetindo a doação do montante com que também contribuimos para a SPB, exactamente há um ano, respeitando assim o protocolo assinado em Abril deste ano, doando o valor de 120.000 randes, com destino às obras em curso da nova Enfermaria do Lar Rainha Santa Isabel.

Os membros do Grupo Século e eu desejamos um Santo e Feliz Natal e um melhor Ano Novo às comadres e compadres da Academia do Bacalhau, aos residentes do Lar e a todos quantos deles cuidam”.

 Este anúncio do donativo por parte do Grupo Século mereceu uma forte ovação de to-dos os presentes. Em palco, Isabel Policarpo visivelmente emocionada, trocou um sentido abraço com a comendadora Paula Caetano.

 O prato principal foi servido, uma terrina de frango recheado com espinafres e numa re-dução de frutos vermelhos. Após a refeição, Gilberto Martins voltou a tomar do microfone para proceder ao leilão de alguns artigos, como bolos-rei, pinturas, trabalhos manuais e outros produtos como camisolas de futebol.

 Ao todo, a noite só no leilão rendeu ao Lar Rainha Santa Isabel, cerca de 120.000 randes, uma forte contribuição para as obras do Frail Care.

 A noite foi animada musicalmente por Tony Brito e Rocky, bem como teve lugar uma actuação das irmãs Amância e Wanderleia Alagoa Mendonça acompanhadas pela banda musical de Ezequiel Albuquerque.

Muitos dos presentes, após terminado o jantar e o leilão, permaneceram em dança e convívio até de madrugada, na tenda que, apesar da forte chuva que se abateu sobre Joanesburgo, não deixou entrar água nem fazer com que a intempérie se sentisse, apesar dos relâmpagos e trovoada.