Sindicato bancário financia construção de barragem em Laúca

0
59
Sindicato bancário financia construção de barragem em Laúca

O angolano Banco de Negócios Internacional liderou o sindicato bancário que concedeu um empréstimo ao Ministério das Finanças no valor em kwanzas equivalente a 400 milhões de dólares mediante a emissão de Títulos do Tesouro até 10 anos, informou a instituição em comunicado divulgado em Luanda.

 A primeira fatia que foi disponibilizada, no montante de 18 161 milhões de kwanzas (cerca de 97 milhões de dólares), contou com a participação dos bancos Millennium Atlântico e Angolano de Investimentos, teve como destino o aproveitamento hidroeléctrico de Laúca, em construção no rio Cuanza.

 O aproveitamento hidroeléctrico de Laúca, cuja construção teve início em 2012, abrange uma área de 24 mil hectares, incluindo a albufeira, tem uma capacidade de produção projectada de 2070 megawatts e constitui o maior projecto de engenharia civil e de energia de Angola, estando o seu custo estimado em 4,5 biliões de dólares.

 O custo inclui as obras de construção civil, produção, fornecimento e colocação em serviço do sistema de transporte de energia, a partir do rio Cuanza, no qual surgiram também as barragens de Cambambe com 960 megawatts e Capanda com 520 megawatts.