Sérgio Conceição lamenta “ataque brutal” do Sp. Braga ao seu carácter

0
172
Sérgio Conceição lamenta “ataque brutal” do Sp. Braga ao seu carácter
Sérgio Conceição, que foi alvo de um processo disciplinar com vista a um despedimento com justa causa, por parte do Sp Braga acusou o clube de lhe ter endereçado um “ataque brutal” no carácter, algo que não compreende. 

 Em comunicado enviado à agência Lusa pelo advogado do treinador, Tiago Rodrigues Bastos, Conceição garantiu estar de “consciência tranquila”. 
 “Em defesa da sua honra e por respeito por todo o grupo de trabalho, pelos adeptos do Sporting de Braga e do futebol, pelos seus apoiantes e pela sua família”, o treinador diz-se “de consciência perfeitamente tranquila, com a no-ção de ter cumprido cabalmente as suas funções de treinador principal do Sporting de Braga, com zelo e inexcedível lealdade para com o clube e todos os seus adeptos”, cita a Lusa. 
 
 Conceição lamentou, depois,  “o ataque brutal ao seu carácter por parte de quem de perto testemunhou o seu empenho e lealdade para com o clube”, agradecendo, contudo a oportunidade para treinar o clube. 
 
 Segundo Sérgio Conceição, os adeptos, jogadores, a  equipa técnica, funcionários e dirigentes do Sporting de Braga “não confundem determinação, frontalidade, garra e espírito combativo (só merece festejar quem tem a capacidade de sofrer) com autoritarismo, agressividade ou carácter conflituoso, muito menos com falta de lealdade”, tal como ele “não esquece a grandeza do clube e todo o apoio da massa associativa do Braga por causa do que lhe sucedeu nos últimos dias”. 
 
  Por fim, Conceição garantiu que já estava a preparar a próxima temporada e frisou acreditar que “a verdade virá ao de cima”.