Secretário de Estado das Comunidades recebeu na Embaixada em Pretória membros de uma nova associação

0
36
Secretário de Estado das Comunidades recebeu na Embaixada em Pretória membros de uma nova associação de jovens

Na manhã de sábado, 3 de Março, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, recebeu na residência da Embaixada de Portugal em Pretória quatro jovens da comunidade de Joanesburgo, Dominic Pais, Bárbara de Faria-Lopes, Tení-qua da Fonseca e Marisa Ferreira que, acompanhados do adido social, dr. Gonçalo Capitão, lhe foram dar conta do projecto que estão a desenvolver, com a criação da nova associação com a designação de “SAPY – South African Portuguese Youth”.

 Nessa troca de impressões em que José Cesário achou a ideia muito interessante, o governante motivou aquele grupo de jovens a avançar, prometendo-lhes todo o apoio.
 Na ocasião, o secretário de Estado disse:
 “Como as associações tradicionais estão a desaparecer, dado as actividades que desenvolvem não se adaptarem lá muito bem à vossa idade e aos vossos gostos, nós gostaríamos, portanto, de ver grupos de jovens que queiram ter projectos próprios, independentemente de pretenderem ou não estar ligados às outras associações, ou prefiram trabalhar por si, já que isso é um problema de cada grupo e de cada associação”.
 “É bom que haja grupos de jovens – disse o secretário de Estado -, porque de outra for-ma nós não conseguiremos garantir a ligação que pretendemos entre vocês, que nasceram cá, e que são o futuro da comunidade aqui.

 Portanto, queria que soubessem de que dispõem do nosso empenhamento, do nosso apoio e da nossa ajuda para aquilo que quiserem fazer, dentro das limitações que  temos, evidentemente, mas é muito bom que tenham projectos próprios e que consigam mobilizar outros jovens da vossa idade.
 Temos aqui na África do Sul, como em vários países, cursos de português em várias escolas em que há professores portugueses, havendo aí também uma orientação dada para privilegiar as escolas em que haja mais alunos luso-descendentes.
 Conseguiremos fazer melhor, se tivermos da vossa parte apoio, ajuda, sugestões e projectos. Isso seria muito bom, já que nestes últimos anos desapareceram as ligações entre os jovens luso-descendentes que estão na África do Sul, nos Estados Unidos, no Brasil, na Europa e na Ásia, não havendo hoje essa relação”.

 José Cesário prosseguiu, dizendo que “queremos ver essa relação de volta, e isso só será possível através de redes de associações e de grupos.
 Vamos fazer em Portugal, a partir já deste ano, sucessivos encontros, para permitir um conhecimento, por um lado directo e pessoal, e que possam depois servir de dinamizadores para o resto dos contactos, que hoje se fazem  pelas várias vias de comunicação que todos nós utilizamos.
 Com esse objectivo, vamos promover dois encontros em Portugal, que já estão neste momento a arrancar. Assim, gostaria e queria que pudéssemos iniciar aqui um trabalho em conjunto, com novas pessoas empenhadas na vida associativa, especificamente só de jovens, mas também com ligações às outras associações frequentadas pelos vossos pais e avós, as quais não gostaríamos nada que se extinguissem”.
 “Essas associações – recordou o secretário de Estado -têm, como sabem, excelentes instalações e seria muito mau que amanhã não pudessem ser utilizadas ou delas tirar uso-fruto”.
 José Cesário passou depois a trocar impressões com os jovens, nos variados aspectos que se pretende sejam úteis ao projecto que vão implementar. 

• SAPY já tem  projecto de estatutos e Comissão Istaladora toma posse a 17 de Março
• em sessão solene com a presença do embaixador de Portugal

 No passado dia 25 de Fevereiro, nas instalações da União Cultural Recreativa e Desportiva Portuguesa, em Turffontein, decorreu o encontro de fundação desta associação de jovens portugueses e luso-descendentes residentes na República da África do Sul.
 O evento, que teve o apoio do Governo Português, através da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, começou com um almoço destinado a promover o conhecimento recíproco, e contou com um núcleo inicial de cerca de vinte participantes que, durante a primeira parte, escutaram intervenções do presidente da U.C.R.D.P., Victor Garrana, do conselheiro especial do ministro dos Transportes da África do Sul, comendador Gilberto Martins, do director do Século de Joanesburgo, Varela Afonso, e do adido social, Gonçalo Capitão, que procuraram transmitir total apoio ao projecto e lançar o debate entre os presentes. Foi ainda lida uma mensagem do cônsul-geral de Portugal em Joanesburgo, dr. Carlos Pereira Marques.
 Encerrando a parte preliminar do encontro, foi visionado um pequeno filme sobre Portugal.

 Seguidamente, os jovens reuniram tendo deliberado, entre outros assuntos escolher a denominação SAPY – South African Portuguese Youth como forma de tornar presente a união de duas realidades que são as suas, e admitir como associados to-dos os jovens portugueses e luso-descendentes entre os 10 e os 35 anos, mas restringindo o direito de voto aos maiores de 13 anos.
 Foi ainda aprovado um projecto de estatutos submetido em edição bilingue, no total de 73 artigos, como forma de contornar outros casos associativos em que o vazio de regras tem sido causa de impasse.
 Finalmente, foi eleita uma comissão instaladora que ficará encarregada de organizar uma assembleia-geral electiva no prazo de 90 dias e de conduzir os destinos da SAPY até essa data, incluindo a gestão da presença da Associação na Internet, via Facebook e, futuramente, via webpage.
 O segundo dia da sessão, que estava inicialmente previsto como consecutivo, foi adiado para dia 17 de Março, uma data conveniente ao embaixador de Portugal, dr. Ramos Pinto, já que os jovens participantes decidiram chancelar o surgimento da SAPY com a organização de um jantar solene de tomada de pos-se da comissão instaladora e apresentação da Associação.

 Uma delegação Associação, que conta à data com mais de duzentas adesões on-line, ao cabo de uma semana de existência, foi, posteriormente, recebida na Embaixada em Pretória, como aqui se noticia, pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, dr. José Cesário, tendo apresentado o projecto e agradecido o apoio, num clima distendido de troca de impressões, que o SECP aproveitou para encorajar os jovens.
A culminar uma semana de lançamento intensa, Michelle Silva e João Dias intervieram em nome da SAPY no Encontro de Gerações, ocorrido sábado em Sandton, apresentando esta agremiação juvenil aos oradores e à plateia, em geral.