Santo António de Lisboa festejado com assinalado brilho na igreja de Santa Maria

0
59
Santo António de Lisboa festejado com assinalado brilho na igreja de Santa Maria

A tradicional festa em honra de Santo António de Lisboa, celebrada a 24 de Junho, na igreja de Santa Maria dos Portugueses, em Pretoria West, voltou a conhecer o bri-lho e o sucesso registado em anos anteriores, pondo mais uma vez à prova o empenho e entusiasmo dos festeiros e suas esposas, e a colaboração do público, que mais uma vez se associou a uma das principais festas as-sinaladas anualmente nesta paróquia.

  Iniciada com missa solene celebrada por Frei Evódio João, Custódio dos Franciscanos de Moçambique, coadjuvado por Frei Manuel Nhaquila desta igreja de Santa Maria, e pelo rev. Padre Manuel Graça, do Opus Day e capelão da residência dos estudantes do Brookside Hall, na capital sul-africana, seguida de procissão, os festejos prosseguiram no salão de festas da paróquia com um concorrido almoço de convívio tipo “self-service”, contando-se entre os presentes e além daqueles sacerdotes, o comendador Estêvão Rosa pela Casa Social da Madeira, Manuel Furriel pelo Marítimo de Pretória, a comendadora Manuela Rosa pela Liga da Mulher Portuguesa, nesta mesma cidade, e as presidentes da Liga da Mulher Cató-lica, Lina Pereira pela igreja de Santa Maria, e Maria Ferreira pela igreja de Montana.
  Nestes festejos, onde o leilão voltou como habitualmente a estar a cargo de António Correia de Freitas, e o programa incluiu actuação dos cançonetistas, Michael Teixeira, de Pretória, e Daniela Gonçalves, de Ellisras – uma jovem de grande talento artístico, daí e como ali foi referido, já ter estado em S. Francisco da Califórnia, que lhe vendo potencialidade, a convidou a aperfeiçoar a sua voz naquela mesma cidade americana -, exibição do rancho folclórico da Casa Social da Madeira, e a encerrar o programa, perante fortes aplausos dos presentes, a marcha dedicada a este Santo popular, ensaiada por Maria da Luz de Jesus, com música na tocata e vários pares participantes nessa marcha, componentes e entusiastas do “bailinho” da CSM, dando com esse seu contributo mais realce aos Santos populares, já que além da festa que se comemorava ser dedicada a Santo António, a data coincidia com o preciso dia de S. João.
  Os agradecimentos às presenças ali nessa tarde, e de modo especial a quem colaborou nestes festejos, com destaque para os festeiros, assim como toda a equipa que na cozinha confeccionou o almoço e preparou o sa-lão, a quem trabalhou no bar e serviu às mesas, além de outras cooperações, estiveram a cargo do presidente do conselho paroquial desta igreja de Santa Maria, Virgílio da Silva, que sempre muito activo, ajudou a conduzir as actividades programadas para esta festa, e até com a es-posa formou um dos pares participantes nessa referida marcha de Santo António.
  Atribuindo ao presidente da Confraria do Santíssimo Sacramento desta mesma igreja, António Correia de Freitas, a organização destes festejos nos últimos dez anos, e não obstante residir longe de Pretória, ser uma pessoa que na medida do possível acompanha as actividades desta igreja de Santa Maria, e um homem com que sempre se pode contar, Virgílio da Silva reconhecendo a grande ajuda da comunidade às despesas da paróquia, onde nas festas que se foram realizando desde o começo da igreja em 1967, foi possível ir aumentando gradualmente o seu património, incluindo como mais recentes, a construção do Centro de Dia S. Francisco de Assis para pessoas idosas, e a do salão onde são realizadas festas e outros eventos, fez ali nessa tarde um apelo aos que o ouviam, à contribuição tanto nesta, como nas próximas festas, a favor da renovação que se pretende, e cada vez se torna mais necessária, nas dependências que neste salão onde se convivia são utilizadas para cozinha, bar e casas de banho, confiante de que com a ajuda de todos, brevemente se iria proceder a essas desejadas benfeitorias.
  Englobando em reconhecimento, a colaboração que ti-vera para esta festa em louvor de Santo António os contributos de Maria Inês na decoração da igreja em termos florais, de Maria da Luz na organização da linda marcha apresentada, do DJ VIX de Victor de Freitas, da música nos festejos, assim como do rancho folclórico e dos artistas que nessa tarde ali actuaram, aquele presidente do conselho paroquial não esqueceu o contributo dos patrocinadores dos prémios da rifa que por último ali foi sor-teada por António Correia de Freitas, e de que foram contemplados com o 1º prémio, uma televisão, J.V. Pereira com o número 836; e com o 2º prémio, uma máquina de lavar o número 451, e o 3º prémio, um “grill microwave”, o número 467, ambos os bilhetes de rifa adquiridas por C. Teixeira.
  Com a colecta voluntária efectuadas pelas mesas após o almoço a atingir, conforme ali foi divulgado, os dezoito mil, seiscentos e cinquenta randes, isto fora os lucros dei-xados pelo bar, a venda de rifas e o produto do leilão, todos nesta festa contribuindo para que fosse repetido o brilho e sucesso que esta celebração tem conhecido ano após ano, receita, conjunto de actividades e maneira alegre de conviver das pessoas, a deixar radiantes os presidentes, do conselho paroquial, Virgílio da Silva, e o da Confraria do Santíssimo Sacramento, António de Freitas, desta mesma igreja de Santa Maria, assim como o conjunto de festeiros, que por seu lado tudo fizeram para que esse objectivo fosse conseguido.
  Recorda-se que além de António Correia de Freitas, – es-te que numa das suas intervenções a todos pediu para ajudarem o Centro de Dia da paróquia para idosos da comunidade, isto por haver velhinhos que não podem pa-gar a totalidade do preço estabelecido para a sua estadia nesse lar, mas nem por isso deixando de ser tratados co-mo os restantes ali internados, e por outro lado aos pais ali presentes para encorajarem seus filhos a colaborarem com estas festas, e no futuro até poderem vir a organizar certos festejos -, foram festeiros nesta importante celebração dedicada a Santo António, na igreja de Santa Ma-ria dos Portugueses, em Pretoria West, António Góis, Da-niel Francisco Calado, Emanuel Correia, João da Cruz de Jesus, João Leandro Ferreira, José Fernando, João Vas-concelos Pereira, João Jardim, Michael Teixeira, Cláudia Teixeira, Manuel Anselmo Gonçalves – este de Ellisras e pai da cançonetista Daniela que nessa tarde ali actuou-, e mais quatro anónimos.