SAA projecta 4 biliões de prejuízo em Março de 2018

0
43

 A companhia aérea estatal sul-africana South African Airways (SAA) antecipa um prejuízo financeiro de 4 biliões de randes em Março de 2018.

 Falando no Parlamento, na Cidade do Cabo,  o director-geral da SAA, Vuyani Jarana, disse ainda que o valor global da dívida contraída pela companhia aérea totaliza actualmente 13 biliões de randes, acrescentando que “será necessário reforçar o balancete por forma a assegurar a viabilidade da empresa no futuro”.

 O gestor acrescentou que “mesmo com a injecção de capital de 10 milhões de randes (anunciada pelo Governo) a realizar-se até Março, a SAA continuará com um défice de cerca de 9 biliões de randes”.

 “O problema da SAA é a sua estratégia e a forma como o seu financiamento está estruturado. Assim que se resolver isto, a empresa voltará a ser a viável”, explicou aos deputados o novo gestor da estatal sul-africana, Vuyani Jarana.

 No primeiro semestre do ano financeiro de 2017-18 corrente, a SAA registou um prejuízo financeiro de 2.1 biliões de randes, foi anunciado.