Rússia preparada para investir dez biliões de dólares em Angola

0
79

 As autoridades russas e investidores privados estão disponíveis para investir cerca de dez biliões de dólares (biliões de euros) para financiar projectos com impacto sócio-económico em Angola, segundo um responsável da Federação Russa.

 Chepa Alexey, vice-presidente da Comissão Parlamentar para as Relações Internacionais da Federação Russa, citado pela agência Angop, disse à saída de uma audiência com o Presidente da República de Angola, João Lourenço, que o dinheiro resulta de uma linha de crédito conjunta, da Federação Russa, sector privado russo e investidores internacionais.

 De acordo com a agência noticiosa angolana, o político russo indicou que os projectos estão ligados ao sector energético, incluindo a construção de barragens hidroeléctricas, produção de energia eólica, painéis solares, linhas de transporte de energia elétrica, construção de estradas, habitações e outras infraestruturas.

 O dinheiro destina-se a financiar “projectos de grande envergadura” do interesse comum da Federação Russa e de Angola, adiantou Chepa Alexey, líder de uma delegação de empresários russos que vai manter encontros bilaterais com representantes de congéneres angolanas.

 Angola e a Rússia têm relações privilegiadas desde 8 de Outubro de 1976, data em que foi assinado, em Moscovo, na altura capital da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), o Tratado de Amizade e Cooperação.

 Actualmente, a cooperação é mais significativa nos sectores da energia, geologia e minas, ensino superior, formação de quadros, defesa e segurança, telecomunicações e tecnologias de informação, pescas, transportes, finanças e banca.