Remodelação ministerial em Moçambique

0
109

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, nomeou três novos ministros, na sequência das exonerações de terça-feira, entre os quais o ministro dos Negócios Estrangeiros, Oldemiro Baloi, que ocupava a pasta desde 2008.

 José Pacheco, que tinha sido afastado do cargo de ministro da Agricultura, viu-lhe atribuída a pasta dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, a terceira depois de ter sido nomeado Ministro do Interior em 2005 e após ter sido designado em 2010 para a Agricultura.

 Ernesto Max Tonela, que na terça-feira foi exonerado das funções de ministro do Comércio e Indústria, foi escolhido para liderar a pasta dos Recursos Minerais e Energia.

 Como novo nome no Governo surge Higino Francisco Marrule, nomeado ministro da Agricultura e Segurança Alimentar.

 Das três áreas em que houve exonerações na terça-feira, fica por nomear um ministro do Comércio e Indústria.

 As exonerações foram anunciadas através de comunicado da Presidência da República divulgado ao princípio da noite, precisou a agência Lusa. O documento não esclareceu quais as razões para esta remodelação governamental, nem adiantava quem iria ocupar os lugares, referindo apenas as exonerações.