Ramaphosa recebe enviado especial do Presidente da China

0
68

O Presidente Cyril Ramahosa recebeu sexta-feira, na Cidade do Cabo, o representante especial do Chefe de Estado chinês, Xi Jinping, Yang Jiechi.

 “O Presidente Ramaphosa disse que a reeleição do Presideny Xi representa uma oportunidade para a África do Sul reforçar a sua cooperação estratégica, política, social, económica e internacional com a China ao nível pessoal, bilateral, regional e global”, refere o comunicado divulgado pela Presidência sul-africana no “site” oficial, no final da reunião com a delegação chinesa. 

 As partes agendaram visitas de Estado oficiais. O Presidente Xi visitará a África do Sul, em Julho, para a 10ª Cimeira BRICS [Brasil, Rússia, India, China e África do Sul] enquanto que Ramaphosa desloca-se à China para participar na Cimeira de Beijing sobre o fórum relativo à cooperação sino-africana (Focac), que o Chefe de Estado sul-africano vai co-presidir com o seu homólogo chinês, no final deste ano, lê-se no comunicado.

De acordo com a nota, a China convidou ainda a África do Sul a participar, na qualidade de país convidado, na primeira exposição comercial internacional China Import Expo, agendada para Novembro deste ano.

 Por seu lado, o Chefe de Estado sul-africano convidou a China a apoiar as iniciativas de recuperação económica do Governo sul-africano, nomeadamente no tocante ao aumento das importações da China do continente africano e a sua participação na Cimeira de Emprego e Investimento que Pretória está a organizar, adianta o comunicado.  

 A visita oficial de dois dias (23 e 24 Março) à África do Sul do representante especial do Presidente chinês, Xi Jinping, Yang Jiechi, realizou-se a convite do Governo do Congresso Nacional Africano, indicou a porta-voz do Ministério do Negócios estrangeiros chinês, Hua Chunying.

 A porta-voz do MNE chinês indicou que o ano de 2018 marca o vigésimo aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre ambos os países, notando que a China e a África do Sul conheceram um profundo desenvolvimento nas suas relações bilaterais, caracterizadas por “uma dinâmica positiva em termos de confiança política mútua, cooperação económica e comercial, e de colaboração estratégica”.

 “A China presta uma atenção particular ao desenvolvimento das relações com a África do Sul, e está disposta a trabalhar conjuntamente para reforçar a cooperação amigável nos diversos domínios e promover a parceria estratégica global”, concluiu a diplomata chinesa.