Pugilista moçambicano Kaizer Mabuza tem apoio de empresários portugueses Roy e João

0
114
Pugilista moçambicano Kaizer Mabuza

Pugilista moçambicano Kaizer Mabuza Três portugueses, dois deles empresários na cominidade portuguesa, Roy e João Tem Tem e o treinador de boxe Many Fernandes estão a dar todo o apoio ao boxista moçambicano Kaizer Mabuza, que promete dentro em breve ser gente grande no pugilismo mundial.

Durante uma conferência de Imprensa realizada no Turt Club, que contou com a presença dos Jornais sul-africanos e da Rádio, Manny Fernandes o treinador, deu as boas vindas e fez a apresentação do pugilista:
 “Trata-se de um boxer nascido em Moçambique, que despontou para o boxe na África do Sul e que tem francas possibilidades de chegar muito mais longe.

 Para já, apesar de estar na modalidade há apenas três anos, já conquistou  vários títulos, que são o prenuncio do grande atleta que poderá vir a ser se devidamente apoiado. Posso indicar que  entre outros títulos  que ele conquistou, é campeão IBF, Campeão da África do Sul, Campeão Pan-Africano  da WBA  e também Campeão Intercontinental da IBF, tendo vencido o seu último combate na Rússia..
 O próximo combate, deverá ter lugar durante o Mundial de Futebol e tudo indica que será disputado na África do Sul.
 Para esse dia, concerteza que contamos com o apoio de todos. Ele vai lutar com Andriy Konelnik, um ukraniano com um bom palmarés no boxe internacional.

 Depois desse combate, tudo pode acontecer para melhor para o neu pupilo Kaizer Mabuza.”
 Aproveitámos para ouvir Kaizer Mabuza: “Vim para a África di Sul anda muito novo, Tinha apenas 12 meses e vim com os meus pais. Como todas as crianças do meu bairro, quando crescí dei uns pontapés na bola.

 Mais tarde descobrí que tinha corpo e talento e ningressei no boxe. Ao princípio a minha predilecção era o “kick boxing”.
 O “mestre”  Manny Fernandes descobriu-me e eu enveredei pelo boxe tradicional onde me encontro feliz e sinto que posso trazer muitas gólias para o país, no meu caso para os países, pois embora seja sul-africano tenho coração moçambicano.”

 Por último ouvimos Roy Tem Tem um dos grandes impulsionadores do boxe, que com o seu patrocínio permite que a modalidade progrida:
 “Bem apoio o boxe como apoio outras modalidades desportivas, pois gosto muito de o fazer.
Tenho uma certa fé no treinador Many Fernades que sabe descobrir talentos, tais como o Kaizer Mabuza e agora outros dois jovens Oscar Shauke e Jason Bedeman, que também se destacam no seu ginásio de treinos.”

 Sabemos que o Roy também está ligado ao futebol?
 “Sim estou, com o ressurgimento do Lusitano. Noutra ocasião falarei desse assunto.