Primeiro-ministro britânico obtem novo mandato Brexit agora com maioria absoluta

0
40

 O primeiro-ministro britânico agradeceu ao povo do Reino Unido por ter saído a votar nas eleições de quinta-feira, que segundo as projecções o Partido Conservador ganhou com maioria absoluta, e prometeu que “o trabalho começa hoje”.

 “Parece que ao Governo Conservador foi outorgado um novo e poderoso mandato para a fazer o ‘Brexit’, e não só fazer o ‘Brexit’ mas para unir o país, levá-lo para a frente e focar nas prioridades do país”, disse Boris Johnson ao discursar na circunscrição de Uxbridge and South Ruisli, na qual era candidato, após o anúncio da sua reeleição.

 Após repetir a promessa de contratar mais 50.000 enfermeiros, 6.000 médicos e construir 40 hospitais – “um dos quais será aqui em Huxbridge” – o primeiro-ministro agradeceu aos eleitores daquele círculo eleitoral por lhe darem “o privilégio” de trabalhar para eles.

 Boris Johnson acabou o discurso a agradecer ao povo do país “por aparecer para votar numa eleição em Dezembro (…) que se tornou histórica” e dá ao Governo “a oportunidade de respeitar a vontade democrática do povo britânico, mudar para melhorar e libertar o potencial de todo o povo”.

 “E é isso que faremos se tivermos a sorte de ser reeleitos, como parece que vai acontecer. Esse trabalho começa hoje”, concluiu.

 Com 440 dos 650 círculos eleitorais apurados, os Conservadores conquistaram 227 círculos eleitorais, os Trabalhistas 154, o Partido Nacionalista Escocês 36, os Liberais Democratas sete, os Unionistas da Irlanda do Norte cinco, havendo ainda 11

outros deputados eleitos.

 Cerca de 46 milhões de britânicos votaram na quinta-feira nas eleições legislativas antecipadas no Reino Unido, as terceiras em menos de cinco anos, convocadas pelo governo para tentar desbloquear o impasse criado no parlamento pelo processo de saída do país da União Europeia (UE).

 A votos estiveram os 650 assentos na Câmara dos Comuns, a câmara baixa do parlamento britânico, aos quais concorreram 3.322 candidatos, dos quais 1.124 mulheres, tendo os partidos Conservador (635), Trabalhista (631), Liberal Democrata (611), Verde (498) e Partido do Brexit (275) concorrido no maior número de circunscrições a nível nacional.

 

* Boris Johnson  promete ‘Brexit’  a 31 de janeiro

 

 O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, prometeu na sexta-feira que o ‘Brexit’ vai para a frente a 31 de Janeiro, após a vitória esmagadora nas eleições legislativas de quinta-feira.

 “Vou pôr fim a este absurdo e vamos consegui-lo até 31 de Janeiro”, assegurou Johnson aos seus apoiantes, após o Partido Conservador ter garantido a maioria absoluta.

 Com 648 dos 650 dos assentos atribuídos, o Partido Conservador garantiu já 363, contra 203 do Partido Trabalhista, que perdeu 59, e 48 do Partido Nacionalista Escocês (SNP).

 “É agora uma decisão irrefutável, indiscutível e irresistível do povo britânico”, que “põe fim à miserável ameaça de outro referendo”, declarou.