Presidente chinês na Europa em viagem considerada “histórica”

0
108
Presidente chinês na Europa em viagem considerada

O Presidente chinês, Xi Jinping, iniciou no sábado na Holanda uma visita de dez dias a quatro países da União Europa, descrita em Pequim e em Bruxelas como "histórica".

 "O comércio continua a ser uma componente marcante da relação UE-China", mas esse relacionamento já não é simplesmente bilateral e "esforça-se por enfrentar em conjunto os mais importantes desafios globais", disse a chefe em exercício da Delegação da UE em Pequim, Cármen Cano, num artigo publicado no jornal China Daily.

É a primeira viagem do Presidente Xi Jinping à Europa desde que assumiu o cargo, há um ano, e também a primeira visita de um chefe de Estado chinês à sede da União Europeia, em Bruxelas.

 A visita às instituições europeias, agendada para 31 de Março, será a ultima etapa de um périplo que, além da Holanda e da Bélgica, inclui duas das principais economias da UE (Alemanha e França).

 Em 2013, o comércio entre a China e a União Europeia somou 559,1 mil milhões de dólares, fazendo da U E o maior parceiro comercial da China pelo 10.º ano consecutivo.

 A visita do Presidente Xi Jinping irá "injectar um novo ímpeto" nas relações entre a China e a União Europeia, disse Wang Chao, vice-ministro chinês dos Negócios Estrangeiros.

 "China e União Europeia estão ambas numa fase crítica de reforma e desenvolvimento, o que cria novas e históricas oportunidades para o crescimento das suas relações", salientou Wang Chao.

 Durante a visita de Xi Jinping, até dia 1 de Abril, China assinará dezenas de acordos de cooperação em diversas áreas, nomeadamente finanças, agricultura, aviação, telecomunicações, ciência e educação, adiantou o mesmo responsável.

 "Tornámo-nos fundamentalmente interdependentes e parceiros maduros capazes de resolver divergências através de negociações. Temos agora um interesse mútuo cada vez maior no contínuo crescimento e segurança globais", escreveu a representante da União Europeia no referido artigo.

 A visita "será um grande marco nas relações bilaterais", disse o vice-ministro Wang Chao.

O Presidente chinês participará também na 3.ª Cimeira sobre Segurança Nuclear, que decorrerá nos dias 24 e 25 de Março em Haia, na Holanda, com líderes de mais de 50 países, entre os quais o Presidente norte-americano, Barack Obama, com quem terá um encontro bilateral.