Presenças consulares já estão em teste

0
120
Presenças consulares já estão em teste

Os testes com os equipamentos móveis para a recolha de dados biométricos já começaram em presenças consulares nas regiões próximas a cinco cidades europeias, disse o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário.

 “Fizémos esses ensaios com os novos equipamentos móveis e, para já, está a correr bem. Estamos a fazer uma análise técnica para tentar eliminar um ou outro problema técnico que ainda vai surgindo. São equipamentos novos que precisam de ajustamentos”, declarou José Cesário, após uma visita de trabalho à Suíça e à Alemanha entre quinta-feira e domingo.
 O governante assistiu a um teste dos novos equipamentos, no sábado, numa presen-ça consular em Mainz, na Alemanha.
 As presenças consulares consistem na deslocação de funcionários para prestação de serviços em regiões mais distantes dos consulados.
 “Estão em testes, neste momento, já no terreno, quer em vários consulados da Ale-manha, nas áreas consulares de Hamburgo, Estugarda e Dusseldorf, quer em França, em Paris e Lyon, e brevemente também em Bordéus”, dis-se José Cesário, acrescentando que será o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, a fazer o anúncio da “generalização do programa”.
 Segundo o secretário de Estado, o teste “em Mainz correu bem”, referindo “apenas pequenos pormenores técnicos que estão a ser limados”.
 Na Suíça, entre quinta e sexta-feira, José Cesário reuniu-se com associações de pais, com a coordenadora do ensino do português no país, Mariana Góis, além dos cônsules em Berna, Zurique e Genebra.
 “Relativamente à Suíça, efetivamente o grande assunto foi a preparação do próximo ano letivo. Há procedimentos que é preciso adotar, fundamentalmente a preparação de horários que sejam o mais compatíveis possível com as necessidades e os interesses dos alunos e das famílias”, referiu.
 Segundo José Cesário, é preciso ainda “acautelar um conjunto de aspectos que se prendem também com a distribuição dos professores pelos horários” e a avaliação de projectos pedagógicos.
 O titular da pasta da Emigração reafirmou a intenção de manter os actuais cerca de 100 professores que Portugal tem na Suíça, onde se registaram para o próximo ano lectivo 13 mil crianças, menos duas mil que no presente ano escolar. 
 O período de inscrição na Europa decorreu entre 30 de Março e 27 de Abril, tendo-se registado ‘online’ 25.966 alunos, segundo dados oficiais, menos 9.000 do que os 35 mil alunos que compunham o universo a que se dirigia esta ins-crição