Prémio Femina distingue directora-geral da CPLP

0
102
Prémio Femina distingue directora-geral da CPLP

A directora-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Georgina Benrós de Mello, ganhou o prémio Femina de Honra 2015, anunciou a instituição promotora.

 Georgina Benrós de Mello, cabo-verdiana, é licenciada em Economia e Gestão e já exerceu a profissão em Cabo Verde e em Timor-Leste, tendo trabalhado nesses países com projectos de diferentes agências das Nações Unidas.

 O Prémio Femina, criado há cinco anos, contempla mulheres notáveis, quer de Portugal quer de outros países da Lusofonia, que se tenham distinguido no mundo com mérito profissional, cultural e humanitário, “pelo conhecimento e pelo seu relacionamento com outras culturas”.

 De acordo com um comunicado da associação Matriz Portuguesa – Sociedade Civil para o Desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento, que instituiu o prémio, foram ainda distinguidas mais cinco mulheres.

 Por mérito nas artes e letras recebem o prémio a santo-mense Inocência Mata e a luso-moçambicana Ana Mafalda Leite, por mérito nas ciências, recebe a portuguesa Fátima Cardoso.

 Soraya Gadit recebe o prémio Femina por méritos relevantes e, pela divulgação da cultura, da história e da matriz portuguesa no estrangeiro e na lusofonia foi agraciada Sónia Matias. As duas são portuguesas.

 A Matriz Portuguesa é uma instituição sem fins lucrativos, criada para o desenvolvimento da Cultura e do Conhecimento.

 Os prémios serão entregues no próximo dia 28.