Povo moçambicano está cansado de guerras: Arcebispo de Maputo espera que acordo de paz não seja mais uma peça de teatro

0
125

 O arcebispo de Maputo, Francisco Chimoio, defendeu que o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional assinado este mês não deve ser mais uma peça teatral, porque o povo moçambicano está cansado de conflitos armados.

 “É necessário que haja vontade política por parte do Governo e da Renamo, para que este acordo não seja mais um teatro”, afirmou D. Francisco Chimoio, em declarações ao canal público Televisão de Moçambique (TVM).

 O Governo moçambicano e a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) devem respeitar os compromissos que assumiram, para que o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional possa prevalecer, disse.

 “O nosso desejo é que se respeitem os anseios do povo moçambicano, porque está cansado de guerras”, declarou D. Francisco Chimoio.

 O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Ossufo Momade, assinaram no passado dia 6 deste mês em Maputo o Acordo de Paz e Reconciliação Nacional.

O pacto é o terceiro entre o Governo da Frelimo e a Renamo.

 O primeiro foi assinado em 1992 para pôr termo à guerra civil de 16 anos e o segundo foi rubricado em 2014, após confrontos entre o braço armado da Renamo e as Forças de Defesa e Segurança moçambicanas, na sequência da recusa do principal partido da oposição em reconhecer os resultados das eleições gerais.