Português avalia pedido de indemnização ao Estado canadiano

0
55
Português avalia pedido de indemnização ao Estado canadiano

O cidadão português José Pereira, sujeito recentemente a uma ordem de expulsão do Canadá, partiu de férias para Portugal com a residência canadiana regularizada, mas está agora a analisar um pedido de indemnização ao Estado canadiano.

 Em declarações à agência Lusa, José Pereira afirmou que a viagem, inicialmente marcada para sair definitivamente do Canadá, tornou-se uma “oportunidade para gozar umas férias de alguns meses”.
  “Vou apanhar um bocado de sol no Algarve”, disse.
 Quanto ao futuro, José Pereira referiu que ainda não sabe o que vai fazer, mas esteve nos últimos dias em contacto com advogados em Montreal com vista a avançar com um pedido de indemnização ao Estado canadiano pelos prejuízos financeiros que sofreu em virtude do seu processo.
  Em paralelo, este natural de Ofir, em Fão, Esposende, adiantou à Lusa ter iniciado há um mês no Consulado Geral de Portugal em Montreal o processo de pedido de nacionalidade portuguesa para a esposa, Cérès Bibeau, que é quebequense.
 José Pereira, a viver em Montreal, no Canadá, há 32 anos foi alvo de um erro administrativo das autoridades canadianas, que ordenaram, a 27 de junho passado, a sua expulsão do país até ao dia 10 do próximo mês de setembro, segundo uma missiva do departamento federal da Cidadania e Imigração Canadá (CIC), a que a Lusa teve acesso.
Porém, José Pereira expôs o seu caso num canal nacional de televisão canadiano – rapidamente mediatizado por ou-tros órgãos de comunicação social canadianos e internacionais – e a Imigração canadiana admitiu um lapso e recuou na decisão.
  Numa nota enviada à Lusa a 10 de agosto, o CIC confirmou que “o departamento reanalisou os pormenores do caso do Sr. Pereira e detectou um erro. Em consequência, o estatuto de residência do Sr. Pereira será restaurado”.
 Dadas as circunstâncias, as autoridades apressaram, excepcionalmente, a emissão de um novo cartão de residente permanente no país, que o português recebeu no final da semana passada, a tempo de poder viajar para Portugal, como já tinha previsto, e regressar ao Canadá sem se sujeitar a problemas.
  As autoridades do Canadá garantiram, por outro lado, a José Pereira que será retomado o seu processo de obtenção da cidadania canadiana.