Português assassinado no Sul de Joanesburgo

0
43
Português assassinado no Sul de Joanesburgo

António da Costa de 71 anos de idade, natural do Sítio do Caramanchão, freguesia e concelho de Machico-Madeira, foi assassinado em Rosettenville, sul de Joanesburgo, no domingo dia 23 de Março.

 Já era  rotina da vítima, todos os domingos de manhã ir à missa das 7h00 na igreja católica Santa Teresinha em Alberton, e voltar para casa por volta das 9h00 da manhã, para almoçar com sua esposa Natalina da Costa, sua filha Edite e genro Profírio da Coneição.

 Naquele trágico domingo António da Costa já não almoçou com os seus familiares que se encontravam bastante preocupados em casa quando a polícia chegou à sua residência em Alberton pelas 16h30, com a triste notícia de que António da Costa tinha sido encontrado esfaqueado dentro do seu carro, já sem vida, na Verona Street em Rosettenville.

 Soubemos posteriormente que António da Costa foi à missa das 7h00, foi ao  seu barbeiro em Rosettenville  cortar o cabelo e ao Spar comprar várias mercearias, que ainda se encontravam dentro do seu carro.

 O seu genro Porfírio da Conceição declarou à nossa reportagem, que suspeita que os assassinos tenham seguido o seu sogro a partir do Spar até ao carro, tendo levado o automóvel e a vítima. Já na Verona Street esfaquearam-no várias vezes no abdómen, roubaram-lhe todo o di-nheiro e fugiram a pé, deixando todas as compras, chaves do carro e da casa, em seu poder

 António da Costa ainda abriu a porta do seu lado numa tentativa de pedir ajuda, mas o socorro, segundo várias testemunhas no local, só chegou uma hora depois de terem chamado a ambulância, e nessa altura já tinha falecido.

Não é só o crime que nos preocupa neste país, mas também a assistência médica.