Portugal vence a Arménia com golo crucial de Cristiano Ronaldo

0
45
Portugal vence a Arménia com golo crucial de Cristiano Ronaldo

Portugal alcançou uma vitória bem complicada sobre a Arménia, por 1-0, com um golo de Cristiano Ronaldo, numa partida de qualificação para o Euro2016 em que Ricardo Quaresma foi novamente "talismã".

 No Estádio Algarve, e tal como aconteceu no último encontro em Copenhaga (1-0), o extremo do FC Porto entrou em campo na segunda parte e pouco depois, aos 72 minutos, iniciou a jogada que terminou com a concretização de Ronaldo, no lance que acabou por garantir o triunfo luso.

 O capitão da Selecção portuguesa festejou não só a vantagem na partida, mas também o facto de se ter tornado no melhor marcador da história dos Europeus (qualificação e fases finais) com 23 golos, mais um que os "reformados" Hakan Sukur (Turquia) e Jon Dahl Tomasson (Dinamarca).

 Este tento de Ronaldo acabou por disfarçar uma exibição algo cinzenta e nervosa da formação das "quinas", mas que mesmo assim acabou por ser suficiente para subir ao segundo lugar do Grupo I, com menos um ponto e também menos um jogo que o líder, a Dinamarca.

 Bosingwa, Raphael Guerreiro e Hélder Postiga foram as surpresas do "onze" de Fernando Santos, que afinal apostou num 4-4-2 com Danny e Nani bem abertos nas alas, enquanto o trabalho de meio-campo sobrava para Tiago e João Moutinho.

 Como era de esperar, Portugal entrou na partida com mais controlo de bola e um fu-tebol ofensivo perante uma Arménia muito fechada atrás, com cinco defesas e quatro médios que praticamente deixavam intransitável o meio campo forasteiro.

 Contudo, coube mesmo aos arménios o primeiro lance de perigo, num livre directo da "estrela" Mkhitaryan, que Rui Patrício respondeu com uma defesa incompleta, aos 15 minutos.

 Esse lance, que deu origem ao livre directo da Arménia, foi a primeira amostra do futebol simples que os forasteiros apresentaram no Estádio Algarve e da facilidade que, com dois três toques, chegavam à área adversária.

 Longe de fazer um jogo brilhante, a Selecção portuguesa finalmente obrigou o veterano Berezovski a intervir, com o guardião arménio a parar um remate de Cristiano Ronaldo, a meio da primeira parte. Na recarga, o capitão luso ainda "cheirou" o golo, mas atirou pouco por cima.

 A aparição de Ronaldo no encontro podia ter "acordado" Portugal, mas praticamente no lance seguinte a Arménia voltou a incomodar Patrício, que parou com dificuldade o remate de Hovhannisyan, em novo contra ataque venenoso da formação de Leste.

 Até ao intervalo, a Arménia  ganhou algum ascendente e  obrigou Portugal a recolher aos balneários com os dois centrais (Pepe e Ricardo Carvalho) amarelados.

 Quando seria de esperar que Fernando Santos colocasse algum "sangue novo" na equipa, já que Nani e Postiga tiveram uma primeira parte muito infeliz, o "onze" acabou por ser o mesmo e o desacerto também.

 Por isso mesmo, o seleccionador português foi particamente obrigado a mexer quando estavam passados 10 minutos da segunda parte, colocando Éder no lugar de Postiga.

 Portugal ganhou outra agressividade e pouco depois Danny acertou na barra.

 

 A Selecção lusa aumentou a velocidade, mas o bloco arménio manteve-se bem coeso e praticamente todos os remates acabavam por bater num jogador da equipa foras-teira.

 Como há precisamente um mês, Quaresma acabou por ser a "chave" do triunfo português. Rendeu Danny e poucos segundos depois furou pela defensiva arménia e atirou para defesa incompleta de Berezovski. Após alguns ressaltos, a bola sobrou para Ronaldo que só teve que encostar para as redes, aos 72 minutos.

 Até ao final, e com a partida mais aberta, Éder teve duas excelentes oportunidades para marcar o seu primeiro golo com a camisola da Selecção portuguesa, mas acabou por pecar na finalização, enquanto a Arménia ainda testou Patrício, que respondeu com segurança.