Portugal ultrapassa teste macedónio antes de jogo decisivo com Polónia

0
58
Portugal ultrapassa teste macedónio antes de jogo decisivo com Polónia

A Selecção de Futebol Sub-21 de Portugal teve um teste positivo antes do decisivo jo-go com a Polónia, ao vencer em Ponte de Sor a sua congénere da Macedónia, por 2-1, em jogo particular.

 O ensaio com a Macedónia integrou a preparação da “equipa das quinas” para o jo-go com a Polónia, em Gdnya, marcado para 10 de Setembro, naquele que será o derradeiro compromisso do conjunto comandado por Rui Jorge na fase de qualificação para o Campeonato da Europa, que Israel vai organizar, em 2013.
 A vitória lusa não sofre contestação, essencialmente pelo futebol praticado na primeira metade da partida, em especial nos primeiros 25 minutos de jogo.
 Logo aos cinco minutos surgiu a primeira situação clara de golo, após um livre marcado por Josué que o guarda-redes não conseguiu afastar, surgindo Salvador Agra a ca-becear para as redes laterais.
 Pouco depois, após a cobrança de um pontapé de campo, Vítor Bastos surgiu solto a cabecear à entrada da área, um pouco por cima da baliza da Macedónia.
 Aos 11 minutos, a Macedónia criou a única situação de perigo em todo o primeiro tempo, com o ponta de lança Dragan Georgiev a surgir desmarcado nas costas dos defesas, mas, isolado perante Anthony Lopes, rematou para defesa apertada com os pés.
 Seguiram-se mais algumas boas oportunidades para a Selecção Lusa, mas Salvador Agra (13 minutos), Josué (16) e Pedro Mendes (23) não acertaram na baliza.
 O golo acabaria por surgir aos 24 minutos, por intermédio de André Martins, após uma boa jogada do ataque português que acabou com um remate enrolado de David Simão, com a bola a sobrar para o médio do Sporting, que se limitou a empurrar para a baliza.
 Até ao final da primeira parte, o futebol tornou-se algo incaracterístico e sem oportunidades evidentes de golo.
 No início da segunda parte, o treinador português Rui Jorge fez 10 substituições no início da segunda parte, dando a quatro jogadores a primeira internacionalização Sub-21: João Amorim, Gonçalo, Aníbal Capela e Sérgio Oliveira.
 Seria precisamente Sérgio Oliveira a dispor da primeira oportunidade do segundo tempo, logo aos 47 minutos, aproveitando um cruzamento do flanco esquerdo para ca-becear ao poste.
 No minuto seguinte, seria Wilson Eduardo a desperdiçar uma oportunidade clara de golo, quando, isolado na área, permitiu a defesa do guarda-redes macedónio. Na recarga, Fredy rematou por cima.
 A partir do minuto 52, a selecção das “quinas” ficou a jogar com dez jogadores, por lesão de Luís Martins.
 Aos 76 minutos e quando nada o faria prever, a Mace-dónia igualou a partida, no primeiro remate efectuado em toda a segunda parte. Um cruzamento rasteiro da es-querda para Dragan Georgiev marcar, isolado perante Mika, que tinha entrado minutos antes.
 Seis minutos depois, Fredy recolocou Portugal à frente do marcador, com um remate de fora de área colocado ao ângulo superior esquerdo da baliza de Stole.