Portugal quer colocar mais de cinco biliões de euros em dívida pública até junho

0
51
Portugal quer colocar mais de cinco biliões de euros em dívida pública até junho

Portugal vai tentar colocar mais de 5.000 milhões de euros em dívida pública no segundo trimestre deste ano, com o primeiro leilão marcado para 17 de Abril.

 De acordo com o calendário de leilões de Bilhetes do Tesouro (BT) divulgado pela Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), ao todo, entre Abril e Junho, o Tesouro português vai levar a cabo três operações de emissão de dívida.

 Já a 17 de Abril serão realizadas duas emissões de dívida, uma a três meses e outra a 12 meses. No mês seguinte, a 15 de Maio, serão feitos mais dois leilões, de seis e 12 meses. Por fim, a 19 de Junho será feita uma emissão a seis meses e outra no prazo mais alargado dos BT, a 18 meses.

 Em cada uma destas operações o Tesouro português pretende arrecadar entre 1.500 e 1.750 milhões de euros, pelo que o valor total a encaixar poderá ascender a 5.250 milhões de euros.

O IGCP refere ainda que irá acompanhar “activamente a evolução das condições de mercado”, pelo que poderá “efectuar alterações ao programa” de emissão de dívida conhecido.