Portugal promovido na Califórnia como destino para filmagens

0
56

 A AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal promoveu Portugal como destino cinematográfico e mercado para startups nos Estados Unidos, durante o TechCrunch Disrupt, que arrancou terça-feira em São Francisco, Califórnia.

 A delegação local da AICEP, que promoveu os interesses de Portugal na Califórnia, esteve focada em “tentar atrair” empreendedores e “explicar as vantagens” de investir no país, disse Henrique Gomes, delegado da agência em São Francisco.

 A estratégia incluiu um incentivo monetário de 25% a 30% do montante gasto às produções internacionais que escolham Portugal para filmar, uma oferta que abrange filmes, documentários, séries e vídeo on demand. A intenção da AICEP era “fazer esta pri-meira abordagem que pode vir a dar frutos no futuro”, mostrando que existe um ecossistema de produção que “funciona e trabalha bem”.

 Na Califórnia, a AICEP seleccionou nove sectores de promoção: agricultura e alimentação, energias renováveis, tecnologias de informação e ciências da vida no norte e aeronáutica e espaço, química e petroquímica, têxtil e moda e entretenimento no sul.

 O TechCrunch Disrupt é um evento de inovação que acontece anualmente em São Francisco desde 2011, organizado pela publicação de tecnologia TechCrunch. A edição 2018 terminou na sexta-feira, 7 de Setembro.