Portugal garante sexto lugar do ‘ranking’ da UEFA no final da época

0
209

  Portugal vai manter o sexto lugar do ‘ranking’ da UEFA no final da época 2020/21, independentemente dos resultados de FC Porto, Benfica e Sporting de Braga na fase a eliminar das taças europeias de futebol.

  Desta forma, e a exemplo do que já era certo para 2021/22, também em 2022/23 haverá duas equipas lusas com entrada directa na Liga dos Campeões, mais uma na terceira pré-eliminatória, o que significa mais uma entrada direta em relação à presente época.

  Neste cenário, o campeão e ‘vice’ da I Liga seguem para a fase de grupos da ‘Champions’, o terceiro para a terceira pré-eliminatória, o vencedor da Taça de Portugal ruma à Liga Europa e o quarto e o quinto vão para a nova prova, entrando na terceira e segunda pré-eliminatórias, respectivamente.

  As formações lusas garantiram a manutenção do sexto lugar graças ao excelente percurso dos três representantes lusos, todos segundos nos seus grupos, o FC Porto na Liga dos Campeões, qualificando-se para os ‘oitavos’, e o Benfica e o Sporting de Braga na Liga Europa, apurando-se para os 16 avos de final.

  Pelo contrário, a Rússia, que começou a época com seis equipas, já só tem uma, o Krasnodar, que caiu da ‘Champions’ para a Liga Europa, e tem o sétimo posto em perigo, face aos Países Baixos, que têm duas equipas, ambas na segunda prova da UEFA, para a qual ‘tombou’ o Ajax, juntando-se ao PSV Eindhoven.

  Feitas as contas, Portugal, que é quinto nas contas exclusivas de 2020/21, apenas atrás de Inglaterra, Espanha, Alemanha e Itália, totaliza 47,349 pontos (8,400 em 2020/21), contra 38,382 (4,333) da Rússia e 36,800 (6,800) dos Países Baixos.

  Na última ronda da fase de grupos, o FC Porto venceu por 2-0 no reduto do Olympiacos, o Sporting de Braga ganhou em casa ao Zorya por 2-0 e o Benfica empatou a dois golos frente ao Standard Liège, em encontro disputado na Bél-gica

  Portugal acabou por somar 1,6 pontos, 1,0 pelos resultados (0,4 por vitória e 0,2 por empate) e 0,6 de bónus, face ao apuramento do FC Porto para os oitavos de final da ‘Champions’, enquanto os russos ficaram-se pelos 0,166 (um empate e três derrotas).

  Os pontos que as equipas lusas somam (dois por vitória e um por empate) são divididos por cinco (0,4 por vitória e 0,2 por empate), enquanto os russos têm de dividir os seus por seis (0,333 por triunfo e 0,166 por igualdade).