Portugal está a investir mais do que Espanha em políticas de emprego

0
45
Portugal

PortugalA ministra do Trabalho disse no Parlamento que Portugal está a investir mais em políticas activas de emprego do que Espanha, país que afirma ter sido referenciado pelo CDS como um exemplo a seguir.

 Helena André, que falava na Comissão de Trabalho, Segurança Social e Administração Pública, referiu que as políticas activas de emprego em Portugal implicam o investimento de 493 milhões de euros quando em Espanha, país com dimensão maior, o investimento é de 400 milhões.
 Na audição parlamentar, a ministra referiu que este valor está a ser usado para iniciativas como a criação dos 50 mil estágios para jovens em 2011 com direito à protecção social, o apoio à contratação de jovens desempregados de longa duração, requalificação dos que estão fora do mercado de trabalho e no apoio à criação do próprio emprego.

 “Se os deputados quiserem podemos colocar à disposição um quadro que elaborámos onde se faz a comparação das medidas propostas em Espanha e das medidas propostas em Portugal”, disse a ministra, adiantando que Portugal tem medidas mais ambiciosas.
 O esforço financeiro português, adiantou, é superior em 100 milhões de euros.

 “Não estamos em concursos de beleza mas estamos a procurar responder às necessidades da nossa economia”, disse.
 Após a distribuição do mapa, o deputado do CDS–PP, Pedro Mota Soares solicitou a distribuição de outro documento relativo a medidas es-panholas que afirma não está no apresentado pela ministra Helena André e que os centristas consideram como uma das medidas mais importantes: a redução da taxa social.

“A medida (espanhola) mais importante foi a redução das prestações sociais a 30 por cento a 30 meses. Quando trazemos elementos devemos trazer todos”, disse o deputado do CDS-PP.