Portimonense elimina Feirense após prolongamento nos penaltis

0
121
Portimonense elimina Feirense após prolongamento nos penaltis

O Portimonense está na fase de Grupos da Taça da Liga, ao eliminar o Feirense na 2.ª mão da 2.ª fase, por 5-4, no desempate por grandes pena-lidades, em partida disputada no Estádio Municipal de Aveiro.

 Depois da derrota por 1-0 sofrida em Portimão, o Feirense igualou a eliminatória com um triunfo por 2-1, apesar de ter jogado uma hora em inferioridade numérica, e remeteu a decisão para os "penaltis". No desempate da marca de 11 metros, o guarda-redes Ivo garantiu a vitória dos algarvios, ao defender e último remate do Feirense e negar o golo a Siaka Bamba.
 Naquele que foi o último jogo do Feirense no Estádio Municipal de Aveiro enquanto casa emprestada, Quim Machado alterou o seu habitual esquema tático, jogando com dois avançados na frente de

ataque, permitindo ainda a estreia do francês Buval, que viu o certificado internacional chegar ontem da federação polaca. O avançado que representou o Gdansk na época passada fez dupla com Diogo Cunha.

 Num jogo algo apático nos minutos iniciais, o primeiro sinal de perigo foi dado pelo Portimonense aos 17 minutos, quando Traoré rematou forte à baliza de Paulo Lopes e com a bola a sair perto do poste direito.
 No entanto, seria o Feirense a marcar pouco depois, e por intermédio de Buval, ao minuto 19, que respondeu com um cabeceamento eficaz a um cruzamento de Mika na direita.

 O Portimonense apostava quase sempre no contra-ataque e, num desses lances, Rafa surgiu isolado na frente de Paulo Lopes, mas foi derrubado por Henrique já dentro da área. O defesa recebeu ordem de expulsão aos 32 minutos, e Ricardo Pessoa, chamado a converter o castigo máximo, fez o empate para o Portimonense.
 A jogar com menos uma unidade, o Feirense colocou-se novamente em vantagem aos 37 minutos, com Varela a desviar de cabeça o cruzamento de Diogo Rosado na transformação de um livre na direita.
 Apesar da expulsão de Henrique, Quim Machado não fez alterações na sua equipa para a segunda parte, optando por recuar Cris para lateral direito e posicionar Mika no eixo defensivo, ao lado de Varela.

 O Feirense iniciou o segundo tempo a jogar mais recuado, pelo que o Portimonense tentava chegar ao golo. Esteve perto disso num remate de Vítor Gonçalves já dentro da área, aos 67 minutos, mas Paulo Lopes evitou o pior para a sua equipa com uma boa defesa junto ao poste.
 O Feirense sentia as dificuldades de jogar reduzido a 10 elementos e tentava explorar o contra-ataque. Aos 72 minutos, Diogo Cunha isolou-se num lance legal, ao qual o juiz auxiliar de Hugo Miguel assinalou fora de jogo.

 Depois desse lance, que não deixou dúvidas, e até ao final do tempo regulamentar, as equipas equivaleram-se sem que o perigo rondasse ambas as balizas.
 No desempate por grandes penalidades, Bamba permitiu a defesa de Ivo no último penalti. O guarda-redes do Portimonense garantiu assim a passagem da sua equipa à fase de grupos da Taça da Liga.