Plataforma alavanca exportações de empresas da região do Alqueva

0
128
Plataforma alavanca exportações de empresas da região do Alqueva

Uma empresa e uma associação criaram uma plataforma na Internet para divulgar junto de potenciais importadores produtos e serviços e alavancar as exportações das empresas instaladas na área de influência do projecto Alqueva, foi anunciado.

 A plataforma foi criada pela Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) e pela Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral (AEBAL), no âmbito do projecto "Alqueva Exporta – Promoção Internacional dos Produtos da Região de Alqueva".

 Segundo a EDIA, a plataforma, disponível no endereço de Internet www.alquevaexporta.pt, visa divulgar junto de potenciais importadores a oferta de produtos e serviços das empresas da área de influência do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA).

 Após a obtenção e o carregamento de informações sobre a oferta de produtos e serviços das empresas, a plataforma será usada para contactos com os potenciais importadores dos mercados externos, o que permitirá "fomentar as oportunidades de negócio internacionais" e "alavancar as exportações", explica a EDIA.

 No contacto com os empresários estrangeiros e potenciais importadores, vai ser divulgada a oferta de produtos e serviços da área de influência do EFMA e recolhidas as potenciais oportunidades de negócio que serão disponibiliza-das aos empresários portugueses, refere a EDIA.

 O "Alqueva Exporta" resulta de um protocolo de cooperação entre a EDIA e a AEBAL e, além da criação da plataforma, prevê outras iniciativas que irão decorrer até ao final deste ano, como a participação em certames nacionais e internacionais para apresentação do projeto.

 Segundo informações disponíveis na plataforma, o projecto "Alqueva Exporta" pretende "alavancar as exportações" das empresas instaladas na área de influência do EFMA, através da divulgação dos seus bens e serviços junto de mercados internacionais.

 O "Alqueva Exporta" pretende também "estimular as iniciativas colectivas de cooperação entre empresas, visando a internacionalização dos bens e serviços produzidos".

 O projecto é cofinanciado pelo novo programa operacional regional de fundos comunitários "Alentejo 2020", no âmbito do Sistema de Apoio a Acções Colectivas, na área da internacionalização.

 O empreendimento do Alqueva, centrado na barragem com o mesmo nome, localizada no Alentejo, no rio Guadiana, e cuja albufeira é o maior lago artificial da Europa, é "prioritariamente um projecto agrícola" com uma área de influência de cerca de 10 mil quilómetros quadrados que abrange 20 municípios e beneficia 120 mil hectares de regadio.