Pinto da Costa condenado a mais três meses de suspensão

0
71
Pinto da Costa

Pinto da CostaPinto da Costa, presidente do FC Porto, foi condenado a três meses de suspensão e a 1500 euros de multa pela Comissão Disciplinar da Liga de futebol, por ter prestado declarações públicas enquanto cumpre pena de suspensão.

  No acórdão publicado no site da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, a Comissão Disciplinar justifica o castigo com o facto de Pinto da Costa não ter acatado a deliberação de suspensão de dois anos no âmbito do processo Apito Final.
  Em causa, estão as palavras de Pinto da Costa sobre cinco assuntos distintos e que, segundo o acórdão, violam a suspensão de dois anos a que foi condenado em Maio de 2008.

  Pinto da Costa comentou a nomeação do árbitro Duarte Gomes para o jogo FC Porto-Sporting, da Liga, comentou o desempenho do Braga, na luta pelo título nacional, o jogo com o Olhanense e uma paragem do campeonato.
 Num longo acórdão de 47 páginas, a Comissão Disciplinar condenou Pinto da Costa a três meses de suspensão e a 1500 euros de multa.
  O castigo de Pinto da Costa terminava em Maio, mas, com esta decisão, só terminará em Agosto deste ano.
  Desta decisão há recurso para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol.