Petróleo em Angola representa 39% do Produto Interno Bruto

0
109
Petróleo em Angola representa 39% do Produto Interno Bruto

O peso do petróleo na economia de Angola, medido em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB), deverá rondar 39% no final de 2012, contra 56% em 2002, afirmou em Luanda o presidente do Banco Espírito Santo Angola (BESA), de acordo com a imprensa angolana.

Socorrendo-se de dados do Ministério do Planeamento, Álvaro Sobrinho garantiu que “desde 2002 que o peso do sector petrolífero na economia tem estado a cair, situando-se este ano em cerca de 39%, o que sinaliza a diversificação da economia.”

 A diversificação da economia angolana coincidiu com um período de forte crescimento que atingiu uma taxa de 10,6% em média anual entre 2000 e 2011, o 5.º mais elevado do mundo numa lista liderada pela Guiné Equatorial, também de acordo com o BESA, que se baseia em dados do Fundo Monetário Internacional.

 No entanto, num estudo recente sobre o sector bancário angolano, a KPMG destacou Angola como a economia “que apresenta um dos mais significativos ritmos de crescimento do PIB”, integrando o grupo de nações de referência em África, mas alertou que “o PIB permanece ainda muito dependente das receitas com origem no petróleo”.