Petróleo cubano na mira da Sonangol

0
151
Sonangol

SonangolA empresa angolana Sonangol é uma das candidatas à exploração de blocos de petróleo na região das Caraíbas, pertencente a Cuba, divulgou a imprensa angolana. Na corrida estão também petrolíferas chinesas e russas.

O semanário "Novo Jornal" avança ainda que o assunto já está em discussão há algum tempo e que o presidente da petrolífera angolana esteve em Havana o ano passado. Também o actual Presidente cubano, Raul Castro, teria tocado neste tema na visita que fez a Angola, no passado mês de Fevereiro.

O ministro da Indústria e Comércio cubano, Manuel Marrero, disse que empresas chinesas e angolanas estão em Cuba para negociar as participações nos blocos petrolíferos daquele país. Tudo indica, porém, que os russos estarão mais perto de obter acordo de exploração de 15 blocos na parte cubana do Golfo do México, ainda segundo o "Novo Jornal".

Esta investida russa é mais um sinal de reaproximação dos dois países que se mantiveram afastados durante vários anos após a queda do  Muro de Berlim. Já o ex-Presidente russo Vladimir Putin e agora Medvedev retomaram ligações com Cuba e a área petrolífera parece ser uma das mais desejadas. Dos 59 blocos cubanos no Golfo do México, 21 estão atribuídos a sete companhias etrolíferas.

Cuba produz 60 mil barris por dia, mas até ao momento, e segundo a Reuters, apenas um poço está a ser explorado com algum sucessopela Repsol. Também a brasileira Petrobrás já se mostrou interessada em explorar o petróleo de Cuba.