Paulo Bento prepara Equador com o pensamento em Telavive e Baku

0
38
Paulo Bento prepara Equador com o pensamento em Telavive e Baku

O seleccionador português de futebol, Paulo Bento, quer aproveitar o particular de quarta-feira com o Equador para preparar cirurgicamente os “dois jogos extremamente importantes com Israel e o Azerbaijão”, de qualificação para o Mundial2014.

  A convocatória de Paulo Bento reflecte a preocupação do técnico em recuperar o “núcleo duro” da selecção: em relação último jogo, com o Gabão, o técnico poderá fazer alinhar nove jogadores diferentes, destacando-se o regresso do avançado Danny, que jogou pela última vez com a camisola das “quinas” em Setembro de 2011, e a ausência de Pepe, a recuperar de uma operação ao tornozelo direito.

  “O objectivo passa por nos prepararmos da melhor maneira possível, não só para este jogo, mas também para os compromissos oficiais que teremos passado um mês e meio. Este é o último particular antes desses dois jogos extremamente importantes com Israel e Azerbaijão”, observou Paulo Bento, em conferência de imprensa realizada na sede da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), em Lisboa.

  O treinador alertou para a necessidade de a seleção lusa não desperdiçar esta oportunidade, procurando “fazer o melhor jogo possível e tentando também melhorar algumas situações evidenciadas em jogos anteriores”, na expectativa de “melhorar o processo de jogo e alcançar um bom resultado”.

  Apesar de centrar o discurso na necessidade de preparar o melhor possível a equipa para a dupla jornada de apuramento para o Campeonato do Mundo, Paulo Bento não desvalorizou a importância de um triunfo na receção ao Equador, no estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, para quebrar o ciclo de três jogos consecutivos sem ganhar.

  Além de Danny, que disputou o último jogo pela selecção a 2 de Setembro de 2011, tendo inclusive fechado a contagem na goleada por 4-0 em Chipre, regressam também aos eleitos os defesas Fábio Coentrão, Sereno, Miguel Lopes, o médio Raul Meireles e o avançado Nani.

  Cristiano Ronaldo, Miguel Veloso e João Pereira tinham sido inicialmente convocados para o particular no Gabão (2-2), mas foram dispensados devido a lesão, o que leva Paulo Bento a ser cauteloso quando aborda a possibilidade de apresentar um “onze” muito aproximado do que jogará em Telavive e em Baku.

  “É complicado dizer que será o ‘onze’ que vamos apresentar daqui a um mês e meio. Não está cá um jogador que tem jogado sempre, como é o caso de Pepe, e não sabemos o que pode acontecer daqui a um mês e meio, por muito que tenhamos em mente aquilo que queremos fazer”, assinalou.

  Para Paulo Bento esta é, mais do que nunca, a altura para “manter a identidade” e a “estabilidade nas convocatórias”, advertindo que “fazer renovações muito acentuadas durante este caminho poderá não ser a melhor solução”.

  Portugal defronta o Equador na próxima quarta-feira, no estádio D. Afonso Henriques, em jogo com início às 20:45 locais, o primeiro de Paulo Bento em Guimarães desde que assumiu o cargo de selecionador, numa cidade onde passou três épocas como futebolista do Vitória de Guimarães, de 1991/92 a 1993/94.