Paulo Bento deixa de ser seleccionador

0
57
Paulo Bento deixa de ser seleccionador

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou na quinta-feira que Paulo Bento deixou de ser seleccionador nacional, num comunicado publicado no site oficial do organismo.

 “A Federação Portuguesa de Futebol comunica que hoje, 11 de Setembro, termina o vínculo contratual de Paulo Bento com a FPF e ao serviço das Selecções. Esta foi uma decisão tomada conjuntamente entre a Direcção da FPF e Paulo Bento. Agradecemos tudo o que Paulo Bento fez pela nossa selecção, nomeadamente pelo apuramento de Portugal para o Euro2012 e para o Mundial2014”, lê-se no comunicado.

 O organismo acrescentou ainda que “está a trabalhar numa solução estruturada para dirigir as seleções e que será conhecida em breve”.

 Paulo Bento assumiu o lugar de selecionador português em 2011, sucedendo a Carlos Queiroz, já a meio da fase de qualificação para o Euro2012, e liderou Portugal até às meias-finais da competição, que decorreu na Ucrânia e Polónia.

 Com alguma dificuldade (Portugal foi obrigado a jogar o play-off de acesso), garantiu também o apuramento para a fase final do Mundial2014, que ocorreu no Brasil, mas a selecção lusa acabou por “cair” na fase de grupos, numa campanha marcada por vários problemas físicos dos jogadores.

Mesmo assim, Paulo Bento manteve-se no cargo de selecionador, mas acabou por abandonar depois de Portugal ter começado a fase de qualificação para o Euro2016 com uma inédita derrota caseira perante a Albânia, por 1-0.