Partido Socialista teve nas autárquicas de ontem a maior vitória eleitoral de toda a sua história

0
112
Partido Socialista teve nas autárquicas de ontem a maior vitória eleitoral de toda a sua história

O presidente eleito da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, salientou ontem a “grande vitória” do partido na capital nas eleições de domingo, dando como certa uma maioria na Assembleia Municipal, quando ainda faltavam apurar algumas mesas de voto.

 “Obtivemos hoje em Lisboa uma grande vitória. Agora é certo que ganhámos mais duas Juntas do que tínhamos – temos 19 das 24 –, temos maioria na Assembleia Municipal […] e é certo também termos ganho a Câmara pela quarta vez consecutiva”, destacou o autarca, no hotel Altis da Rua Castilho, onde decorreu a noite eleitoral do partido.

 Falando perante uma sala cheia de apoiantes, Fernando Medina, que já presidia ao executivo, agradeceu aos munícipes: “Obrigado Lisboa, obrigado pela confiança, pela responsabilidade e pelo privilégio”.

 Nestas eleições, concorreram também à presidência da Câmara de Lisboa Assunção Cristas (CDS-PP/MPT/PPM), João Ferreira (CDU), Ricardo Robles (BE), Teresa Leal Coelho (PSD), Inês Sousa Real (PAN), Joana Amaral Dias (Nós, Cidadãos!), Carlos Teixeira (PDR/JPP), António Arruda (PURP), José Pinto-Coelho (PNR), Amândio Madaleno (PTP) e Luís Júdice (PCTP-MRPP).

 No Porto, atual presidente da Câmara, o independente Rui Moreira, foi reeleito para o cargo, com maioria absoluta, segundo dados da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna.

 Rui Moreira alcançou sete mandatos, contra seis da oposição: quatro do PS, um do PSD/PPM e um da CDU.

 No actual mandato, Moreira tinha seis mandatos, contra três do PS, três do PSD/PPM e um da CDU.