Orçamento da Madeira para 2019 com 32 milhões de euros para novo hospital

0
36

O vice-presidente do Governo da Madeira, Pedro Calado, anunciou que o Orçamento Regional para 2019 está incluída a afectação de 32 milhões de euros para a construção do novo hospital da região.

 Pedro Calado falava na Assembleia Legislativa da Madeira, no decorrer do debate mensal, tendo o executivo insular escolhido a questão do novo hospital da Madeira como tema.

 “Nós vamos inscrever 32 milhões de euros no próximo orçamento”, assegurou o vice-presidente, que esteve na bancada do Governo Regional no parlamento insular, juntamente com o chefe do executivo, Miguel Albuquerque, e os secretários da Saúde e dos Equipamentos e Infraestruturas, Pedro Ramos e Amílcar Gonçalves, respetivamente.

 O número dois do governo madeirense realçou que estão concluídos cerca de 70% dos processos de expropriações, o que representa um montante de 26 milhões de euros até final de 2019.

 “As coisas estão a correr muito bem e não é necessário que estejam todas as expropriações concluídas para avançar com a obras”, sublinhou.

 Pedro Calado realçou que está tudo a decorrer para que “no próximo ano se possa fazer a adjudicação” do projecto.

 O governante mencionou que o não cumprimento do compromisso do Governo da República em matéria de financiamento do novo hospital, que era de 50% (132 ME), vai representar um esforço em termos de endividamento para Madeira, que pode ascender a 62ME.

 A resolução do Conselho de Ministros que deliberou o financiamento da República ao novo hospital teve em conta o valor dos actuais edifícios devolutos dos hospitais dr. Nélio Mendonça (Funchal) e Marmeleiros (Monte), reduzindo o valor da comparticipação para 96,5 ME (13%).

 No início do plenário foi cumprido um minuto de silêncio pela morte, a semana passada, do maestro madeirense José Victor Costa, autor da música do hino da Madeira.