Novo Governo português é o maior executivo em Ministérios desde 1976

0
31

 O segundo executivo liderado por António Costa vai integrar 19 ministros, além do primeiro-ministro, o que o torna o maior em ministérios dos 21 Governos Constitucionais, e também o que tem mais mulheres ministras, num total de oito.

 Segundo a composição de governo proposta na terça-feira pelo primeiro-ministro e a que o Presidente da República deu assentimento, o executivo terá um total de 19 ministros, mais dois do que a primeira composição do XXI Governo de António Costa e do que a actual formação governamental.

 A primeira composição do XXI Governo de António Costa, que tomou posse a 26 de Novembro de 2015, integrava 17 ministros, além do primeiro-ministro, o que já o tornava um dos maiores dos vinte Governos Constitucionais desde 1976, que tiveram em média 16 ministérios.

 Na última grande remodelação governamental, concretizada a 18 de Fevereiro deste ano, mantinha-se o número de ministros: 17, além do primeiro-ministro.

 O número de mulheres ministras duplicará em relação à formação inicial do XXI Governo Constitucional – passando de quatro para oito – e terá mais três que a atual composição governamental (eram cinco): mantêm-se, nas mesmas pastas, Francisca Van Dunem (Justiça), Graça Fonseca (Cultura), Marta Temido (Saúde). Também ministra continuará Mariana Vieira da Silva, que sobe a ministra de Estado, ficando também com a área da Presidência.

 Das actuais secretárias de Estado sobem a ministras Alexandra Leitão (Modernização do Estado e da Administração Pública), Ana Mendes Godinho (Trabalho, Solidariedade e Segurança Social) e Maria do Céu Albuquerque (Agricultura) e há uma nova ministra: Ana Abrunhosa (Coesão Territorial).

 Na actual composição governamental, desapareceram as relações familiares directas conhecidas entre os ministros do anterior executivo, com a saída de Ana Paula Vitorino (casada com Eduardo Cabrita), e de José Vieira da Silva (pai de Mariana Vieira da Silva).

 Até agora, o maior executivo era o XVI Governo Constitucional, liderado por Pedro Santana Lopes, que contava com 18 ministros, além do primeiro-ministro.

 O segundo executivo de António Guterres (XIV) e o executivo de Durão Barroso (XV) tinham, além do primeiro-ministro, 17 pastas ministeriais.

 O executivo mais pequeno da história da democracia portuguesa foi o primeiro Governo de maioria PSD/CDS-PP liderado por Pedro Passos Coelho que, quando tomou posse, a 21 de Junho de 2011, tinha apenas 11 ministros, além com o primeiro-ministro. Contudo, no final da legislatura, o executivo já contava, no total, com 15 pastas ministeriais.

 É preciso recuar aos anos 80 para encontrar dois executivos quase tão pequenos: o primeiro Governo de Cavaco Silva, em 1985, e o Governo de Francisco Sá Carneiro, em 1980. Os dois executivos liderados por sociais-democratas tinham 14 ministros, incluindo o primeiro-ministro.

 Desde a primeira e única mulher a governar Portugal – Ma-ria de Lurdes Pintasilgo, no topo da hierarquia do quinto Governo Constitucional (1979) – a equipa com maior número de membros femininos tinha sido, até agora, a escolhida pelo socialista José Sócrates no seu segundo mandato, entre 2009 e 2011.

 Entre os 16 ministros, havia cinco mulheres: Ana Jorge (Saúde), Helena André (Trabalho e Solidariedade Social), Isabel Alçada (Educação), Dulce Pássaro (Ambiente e Ordenamento do Território) e Gabriela Canavilhas (Cultura).

 O I Governo Constitucional, liderado pelo socialista Mário Soares, tomou posse a 23 de Julho de 1976, depois da vitória nas eleições legislativas de 25 de Abril desse ano, tinha 16 pastas, todas atribuídas a homens, com a particularidade de o líder do executivo ter também a tutela dos Negócios Estrangeiros.

 

* Lista dos ministros  do XXII Governo Constitucional

 

 O XXII Governo Constitucio-nal, chefiado por António Costa, integra 19 ministros. A lista completa dos ministros bem como de três secretários de Estado é a seguinte:

 

Primeiro-ministro – António Costa

Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital – Pedro Siza Vieira

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros – Augusto Santos Silva

Ministra de Estado e da Presidência – Mariana Vieira da Silva

Ministro de Estado das Finanças – Mário Centeno

Ministro da Defesa Nacional – João Gomes Cravinho

Ministro da Administração Interna – Eduardo Cabrita

Ministra da Justiça – Francisca Van Dunen

Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública – Alexandra Leitão

Ministro do Planeamento – Nelson Souza

Ministro da Cultura – Graça Fonseca

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – Manuel Heitor

Ministro da Educação – Tiago Brandão Rodrigues

Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social – Ana Mendes Godinho

Ministro da Saúde – Marta Temido

Ministro do Ambiente e da Ação Climática – João Pedro Matos Fernandes

Ministro das Infraestruturas e da Habitação – Pedro Nuno Santos

Ministra da Coesão Territorial – Ana Abrunhosa

Ministro da Agricultura – Maria do Céu Albuquerque

Ministro do Mar – Ricardo Serrão Santos

Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares – Duarte Cordeiro

Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro – Tiago Antunes

Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros – André Moz Caldas